Economia

Tucano – Encontro discute recuperação do Parque das Águas do Jorro

A recuperação do Parque das Águas, no balneário turístico de Caldas do Jorro, na região nordeste do estado, está na pauta da Secretaria de Turismo da Bahia (Setur). Construído pelo governo estadual em 1973, o equipamento até hoje não recebeu nenhuma grande reforma. Esta semana, o secretário de Turismo, Domingos Leonelli, e o prefeito do município de Tucano, Rubinho Arruda, discutiram o assunto.

De acordo com o prefeito, toda a infraestrutura do parque necessita de reformas. “Precisamos, principalmente, recuperar os banheiros de água quente, as piscinas, reconstruir o muro que cerca o parque e pavimentar a área”.

“Solicitamos ao prefeito um projeto de reforma para que possamos pedir ao Ministério do Turismo os recursos necessários para melhorar a infraestrutura do parque. Queremos concluir a recuperação daquele belíssimo parque ainda este ano”, afirmou Leonelli.

Além da recuperação do parque, o prefeito discutiu a necessidade de investir nas tradicionais festas juninas de Tucano, para aquecer o turismo na região. Para facilitar a divulgação do São João do Jorro, Leonelli sugeriu a união dos gestores de Tucano, Araci, Quijingue, Cipó e Euclides da Cunha, para viabilizar uma campanha conjunta do São João no polo turístico dos Caminhos do Sertão.

Caldas do Jorro

A Estância Hidromineral Caldas do Jorro está situada a seis quilômetros da sede do município de Tucano e a 245 quilômetros de Salvador. Na praça principal, jorra a “água milagrosa”, de 48 graus. No Parque das Águas existem banheiros privativos de água quente, para maior comodidade dos turistas, piscinas, bares, restaurante, camping e dois toboáguas. Graças ao poder de cura da sua água, Caldas do Jorro tornou-se o maior pólo turístico da região.

Com uma rede hoteleira bastante diversificada, o Jorro possui mais de mil leitos para abrigar o visitante. Durante feriados prolongados como Réveillon, Carnaval, Semana Santa e São João, a cidade recebe mais de 5 mil turistas, incluídas também as pessoas que ficam hospedadas nas casas de veraneio.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: