Polícia

Capturado bando que assaltava bancos no interior baiano

O organização criminosa agia em vários estados e tinha ramificações no exterior. Na Bahia, Salvador, Nazaré, Conceição do Coité e Vera Cruz foram os municípios atacados pelo grupo.

Seis integrantes de uma quadrilha especializada em arrombamentos de caixas eletrônicos, que vinha agindo em diversos estados brasileiros, e tem ramificações no exterior, foi desarticulada na madrugada da última sexta-feira (12), em Salvador, por uma equipe de investigadores da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos. Surpreendidos quando desembarcavam no Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, quatro brasileiros e dois filipinos estão custodiados no Complexo Policial da Baixa do Fiscal.

Os catarinenses Eduardo Domingos, 33 anos, e Alessandro Neves do Nascimento, 34, o paulista José Valdemar Rodrigues, 59, os filipinos Wenifredo Peteors Bisnar, 54, e seu filho Ralfh Joseph Bisnar, e o sergipano Mário Pingoy Alera, 55, aparecem em várias imagens gravadas pelos circuitos internos de segurança das agências bancárias roubadas.

De acordo com o delegado Antônio Cláudio Pereira Oliveira, titular da DRFR, o bando atacou agências bancárias nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Na Bahia os assaltos ocorreram nos municípios de Nazaré, Coité e Vera Cruz e também em Salvador, onde uma agência do Banco do Brasil, na Baixa dos Sapateiros, teve caixas eletrônicos violados.

Condenados

A polícia apurou que Eduardo, Alessandro, José, Mário, Ralfh e Wenifredo têm diversas passagens pela polícia e já chegaram a cumprir pena por arrombamento e assaltos, no estado de São Paulo. Foi constatado também que os filipinos estão em situação irregular no país. Para tentar despistar a polícia, os integrantes da quadrilha chegaram a Salvador em seis vôos diferentes.

Num sétimo vôo transportaram o material utilizado nos arrombamentos – diversas ferramentas, entre elas uma furadeira industrial, e notebooks que, quando conectados aos caixas dos bancos alteravam as suas programações, de forma que eles liberavam as cédulas armazenadas. Outros oito integrantes do grupo foram presos também nesta madrugada, cinco deles em São Paulo e três no Rio de Janeiro.

O delegado-geral, Joselito Bispo da Silva, elogiou o trabalho dos agentes envolvidos na investigação. “Operações como esta, realizadas sem o disparo de nenhum tiro, são muito significativas e engrandecem o trabalho da polícia”, salientou.

O delegado Antônio Claudio Pereira Oliveira afirmou que, com a prisão dos seis assaltantes, a polícia conseguiu evitar mais um roubo contra uma agência bancária na região do CIA, programado para esta madrugada. O diretor do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio, delegado Mauro Moraes, esteve na apresentação da quadrilha, no prédio da Polícia Civil.

Informações da SSP

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: