Esporte

Indefinido, Vitória se prepara para clássico nordestino contra o Náutico

O Vitória não terá a experiência de Ramon Menezes, mas o contará com a pegada forte do volante Vanderson, nesta quarta-feira, às 21 horas, contra o Náutico, no Estádio dos Aflitos, em Recife (PE), pela segunda fase da Copa do Brasil.

Recuperando-se de uma lesão de quatro milímetros na panturrilha da perna esquerda, o artilheiro do time na temporada – 9 gols, 8 no Campeonato Baiano e um na Copa do Brasil – não estará em campo. Para substituir Ramon, o técnico Ricardo Silva mais uma vez escala Renato, recém-contratado.

Ramon se machucou no primeiro tempo do jogo com o Corinthians (AL), quando o Vitória goleou por 4 x 0, na reabertura do Barradão, e passou à segunda fase do torneio que garante ao campeão o direito de disputar a Copa Libertadores.

Vanderson, por sua vez, não enfrentou o Corinthians porque apresentou um edema na coxa direita. Também não atuou domingo, pelo Campeonato Baiano. Ele tem retorno garantido depois de participar dos treinos coletivos de segunda-feira, entre aqueles que não atuaram em Feira de Santana e garotos dos juniores, e desta terça-feira, pela manhã.

Desde a tarde desta terça-feira em Recife, o time não está confirmado. O técnico reflete qual a melhor formação, se com três zagueiros ou no 4-4-2. O que Ricardo já anunciou é o retorno de Schwenck  ao comando do ataque, porque Júnior, titular no jogo com o Corinthians, foi expulso e vai cumprir suspensão.

Ricardo ficou de analisar alguns taipes de jogos do Náutico para definir: “Testei as duas formações, mas ainda não estou convicto qual a melhor para este jogo. O Náutico é um time perigoso, contará com apoio da torcida, e preciso tomar os cuidados necessários para não haver surpresas”, disse o treinador.

Dezoito jogadores estão com a delegação em Recife depois de um vôo tranqüilo que veio de Buenos Aires e fez escala em Salvador. O time está concentrado em um hotel na praia da Boa Viagem.

Ascom/Vitória

To Top
%d blogueiros gostam disto: