Economia

F.de Santana lidera geração de emprego com carteira assinada no interior

Em fevereiro de 2010, foram criados 6.088 novos empregos com carteira assinada na Bahia, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego.

Mais uma vez, o saldo foi recorde para o período em análise. Nos dois primeiros meses do ano, o acréscimo foi de 20.512 postos na Bahia, número também recorde para o período, representando 99,85% dos empregos do Nordeste, onde o saldo total foi de 20.543 novas vagas abertas entre janeiro e fevereiro, segundo análise da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento.

Nos últimos 12 meses, a Bahia acumula a geração de 92.177 postos de trabalho, mais uma vez o maior saldo da região para o período.

Em fevereiro de 2010, a Bahia foi o estado com o maior saldo de empregos do Nordeste. Outros estados também obtiveram saldos positivos como: Ceará (5.700 vagas), Maranhão (2.260 vagas), Sergipe (1.886 vagas) e Piauí (875 vagas). Os estados de Alagoas (-11.195 vagas), Pernambuco (-2.393 vagas), Rio Grande do Norte (-780 vagas) e Paraíba (-295 vagas), por sua vez, reduziram o contingente de postos de trabalho formais.

Setores

Assim como em janeiro, o setor da Construção Civil liderou a criação do emprego no mês, com mais 2.766 vagas abertas. Em seguida, a Indústria de Transformação, com 1.505 novos postos, reafirma o movimento de recuperação. O Comércio (1.324 postos) e os Serviços (1.198 postos) também contribuíram positivamente, enquanto a Agropecuária demitiu (-910 postos).

Cerca de 60,8% dos empregos criados em fevereiro na Bahia localizam-se na Região Metropolitana de Salvador (RMS), que registrou um saldo de 3.699 novos postos. O interior, por seu turno, gerou 2.389 postos de trabalho com carteira assinada, representando 39,2% do saldo de empregos baiano. Dentre os municípios da RMS, Camaçari (1.002 vagas), Salvador (893 vagas) e Lauro de Freitas (680 vagas) foram os maiores geradores de postos de trabalho.

No grupo dos municípios do interior, destacaram-se Feira de Santana (1.248 vagas), Itapetinga (510 vagas) e Alagoinhas (238 vagas). Os menores saldos de empregos em fevereiro foram de: Porto Seguro (-331 vagas), Casa Nova (-287 vagas) e Juazeiro (-225 vagas).

Com informações da Agecom

To Top
%d blogueiros gostam disto: