Cultura

Suposta dívida de Netinho no SBT pode gerar ação contra jornal e colunista

A nota publicada nesta quarta-feira (16), no jornal O Estado de S.Paulo, que afirmou que o apresentador Netinho de Paula – que está deixando o SBT para concorrer a uma vaga no Senado pelo PC do B – não teria pago parte dos funcionários da produção de seu programa, o "Show da Gente", pode gerar um processo contra o jornal e colunista.

Segundo Keila Jimenez, o pagamento dos funcionários era dividido entre a emissora e a Consumídia, empresa responsável pela comercialização dos espaços publicitários do programa de Netinho, que também é vereador pela cidade de São Paulo. O SBT teria pago sua parte; a agência que representa o apresentador, não. “(…) a Consumídia está há pelo menos três meses atrasada e sem sinal de quitação”, afirmou.

Souza Júnior, presidente da Consumídia e empresário de Netinho, disse, em entrevista ao Portal IMPRENSA, que a empresa é contratada do SBT e não tem responsabilidades com o pagamento da produção do programa, fato que desmentiria a afirmação da colunista. “A receita do programa primeiro paga a produção; o que sobra é dividido entre o apresentador e a emissora”, explicou.

Segundo o empresário, a direção da Consumídia considera mover ação contra o jornal e Keila, mas aguarda parecer do SBT, uma vez que a emissora é a contratante da agência.

Para ele, a jornalista foi “irresponsável” e “leviana ao publicar inverdades”. “Minha empresa foi envolvida em uma situação muito delicada. Dizer que o Estado apurou é muito grave, ela errou em tudo”, avaliou Souza Júnior.

O empresário afirmou, ainda, que, ao contrário do que é informado na nota, Netinho não foi procurado em nenhum momento. “Isso causa uma indignação muito grande, essa falta de profissionalismo”, declarou Júnior.

Com informações da Revista Imprensa

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: