Educação

Sem salários, professores realizam “panelaço” pelas ruas de Itamaraju

Os professores e profissionais do setor de educação do município de Itamaraju, coordenados pela APLB/Sindicato, realizaram na manhã desta terça-feira (23) mais uma assembléia geral no plenário da Câmara Municipal de Vereadores.

Na oportunidade eles decidiram pela manutenção da operação tartaruga e realização de atos públicos de protesto, até que a administração municipal regularize a questão salarial e disponibilize os vales transporte para que eles consigam chegar até seus locais de trabalho.

Já no final da manhã, logo após o término da assembléia, os trabalhadores saíram em caminhada até a frente do prédio do Centro Administrativo, onde está localizado o gabinete do prefeito municipal, e realizaram um panelaço, batendo panelas umas nas outras.

O protesto chamou a atenção de dezenas de pessoas do comércio da cidade baixa ou que passavam pelo local e, enquanto os professores batiam as panelas, os sindicalistas discursavam em tom de protesto. Além da APLB/Sindicato e Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SINTRASPESB), o Sindicato dos Bancários e a Central Única dos Trabalhadores também apoiaram o movimento.

O secretário de governo Luciano Porto, que responde interinamente pela pasta da Administração, teria dito ao comando de greve que os pagamentos não estão sendo efetuados por causa de uma queda na ordem de 32% da arrecadação do Fundeb e descontos do parcelamento feito pelo município junto ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

Os funcionários não acreditam nesta hipótese e creditam os atrasos à desorganização nas finanças municipais e descontrole financeiro após a briga jurídica travada em Salvador em torno de um processo que pode cassar definitivamente o mandato do prefeito Dílson Santiago.

Dílson Santiago foi cassado do cargo pela juíza Jeine Guimarães e só permanece na chefia do executivo municipal graças a uma liminar obtida por ele em Salvador. O processo, que está no Tribunal Regional Eleitoral, deve ser votado nesta quinta-feira (25). 

Com informações do Teixeira News

To Top
%d blogueiros gostam disto: