Entretenimento

TV aberta tem “década perdida” em ibope, diz coluna Ooops!

Números obtidos com exclusividade por Ooops! apontam que a primeira década do século 21 foi "perdida" pelas TVs abertas, sob o ponto de vista de TV’s ligadas.

No horário nobre, o mais valioso da TV, o total de televisores que permaneciam ligados em 2001 era de 58,8%. No ano passado a porcentagem caiu para 57,7%.

É verdade que, em 2005 e 2006, as TV’s abertas até ensaiaram uma reação no chamado “share” (o total de TVs ligadas dentro do universo de aparelhos). Nesses anos o índice foi superior a 60%, mas não se sustentou.

Parece ser mais um indício de que nos últimos anos o telespectador não está assistindo mais à TV aberta, mas migrando para outras plataformas, como a TV paga, o DVD ou a internet.

Curiosamente, o “share” não cresceu, mas a quantidade de TV’s no país, sim. Em 2001, segundo a Mídia Dados, havia 41,1 milhões de casas com TV no Brasil. No ano passado esse número chegou a 53,4 milhões.

Outra estatística aponta que a Record é a emissora que registrou o maior crescimento em alcance de residências desde 2001. Naquele ano, o sinal da Record alcançava apenas 76,8% das residências no Brasil, ficando atrás de todas –inclusive a Rede TV!

Oito anos depois a Record passou para um alcance de 93,2%, superando Rede TV e Band, mas ainda atrás do SBT.

Informações da Coluna Ooops!, do Uol

To Top
%d blogueiros gostam disto: