Política

Morre em São Paulo ex-governador do Maranhão, Jackson Lago, aos 76 anos

Jackson Lago, governador do Maranhão de 2007 a 2009, morreu aos 76 anos na tarde desta segunda-feira no Hospital do Coração, em São Paulo. Lago fazia um tratamento com quimioterapia para o câncer de próstata.

Ele disputou o governo do Maranhão três vezes antes de se eleger ao cargo em 2006, ao derrotar Roseana Sarney (PMDB), sua adversária histórica.

Não chegou a terminar o mandato. Foi cassado pela Justiça Eleitoral em abril de 2009, por abuso de poder político. Resistiu em deixar o Palácio dos Leões, sede do governo do Maranhão, mas entregou o governo dizendo em discurso que voltaria.

Na eleição do ano passado, ele disputou novamente o governo, mas ficou em terceiro lugar. Foi derrotado por Roseana, que se elegeu no primeiro turno, e por Flávio Dino (PC do B).

Em maio de 2008, Lago foi denunciado ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) sob acusação de participação no esquema de fraudes a obras públicas envolvendo a construtora Gautama.

A investigação do caso foi tornada pública em maio de 2007, com a Operação Navalha, da Polícia Federal. Na época, Lago negou ligação de seu governo com a construtora.

Médico de formação, também foi prefeito de São Luís por três mandatos (1989/1992, 1997/2000 e 2001/2002). A atual governadora Roseana Sarney decretou luto oficial de três dias. Informações da Folha de S. Paulo. 

To Top
%d blogueiros gostam disto: