Educação

Professores da UESB decidem entrar em greve por tempo indeterminado

Os professores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia decidiram após assembleia nesta terça-feira (5) entrar em greve por tempo indeterminado. A paralisação começa a partir desta sexta-feira.

As principais reivindicações dos professores são a revogação do decreto 12.583, de fevereiro, que restringe o orçamento da universidade, e a retirada do acordo proposto pelo governo de uma cláusula que determina que os professores só podem apresentar novas queixas e reivindicações em 2015.

Esta cláusula, segundo os professores, foi apresentada no último momento durante negociações salariais em dezembro do ano passado.

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) está com indicativo de greve e tem assembleia na quinta-feira; a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) também está com indicativo de greve.

Somente os professores a Universidade Estadual da Bahia (Uneb) não tem um calendário com previsão de paralisação até o momento.

To Top
%d blogueiros gostam disto: