Esporte

Time do Juazeiro depende do tapetão para continuar na 1ª Divisão do Baianão

Só o tapetão salva o Juazeiro Social Clube. O empate em 1 a 1, com o Fluminense, em Feira de Santana, no último domingo (10), retornou o time do São Francisco para a Segunda Divisão do Campeonato Baiano de Futebol.

O jogo favorecia o Juazeiro até meados do segundo tempo, quando o treinador Pedro Manta optou por um esquema defensivo, tirando de campo o artilheiro Ailton. A partir daí o Juazeiro diminuiu seu poder ofensivo proporcionando um crescimento do Fluminense que chegou ao empate e a permanência na Primeira Divisão.

Agora só o tapetão salva. O julgamento do recurso impetrado pelo Fluminense contra o Ipitanga, que teria escalado um jogador irregularmente, deverá ser avaliado pelo departamento jurídico da Federação Baiana de Futebol nos próximos dias. Caso proceda o recurso do Fluminense, o Juazeiro volta a integrar a Primeira Divisão do futebol baiano.

Logo após o jogo, o presidente do Juazeiro, Eládio Rocha, manifestou que não tem dúvida de que a Federação não vai ter dificuldades de julgar e o Ipitanga será punido. “Não existe interpretação da lei, o Ipitanga escalou errado e o Juazeiro está na Primeira Divisão”, afirmou Eládio.

“Faltou inclusive campo para treinar em Juazeiro, faltou apoio, o prefeito Isaac sempre manifestou a vontade de apoiar, mais delegou pessoas erradas e sem compromisso com o futebol,” reclamou o dirigente. Com informações do Blog Geraldo Jose.

To Top
%d blogueiros gostam disto: