Economia

FMI vê risco de inflação crescer no Brasil e na América Latina

O Fundo Monetário Internacional (FMI) informou nesta segunda-feira (11) que os riscos de inflação estão crescendo na América Latina com exceção do México, onde a alta dos preços é baixa e a expansão econômica deve ultrapassar a do Brasil neste ano.

De acordo com o relatório Perspectiva Econômica Mundial do organismo, a inflação na América Latina e no Caribe deve acelerar de 6% em 2010 para 6,7% neste ano, antes de diminuir novamente em 2012.

“As condições geralmente esperançosas estão associadas a uma inflação crescente na América do Sul e Central. Por outro lado, o México não está enfrentando pressão de superaquecimento desta vez”, avaliou o credor internacional.

Segundo o documento do FMI, “as pressões inflacionárias na região de forte crescimento serão parcialmente ancoradas pelo México, onde a inflação anual deve cair de 4,2% em 2010 para 3,6% em 2011 e 3,1% em 2012”.

To Top
%d blogueiros gostam disto: