História

Bin Laden foi morto com um tiro na cabeça; filho também morreu no ataque

O líder da al-Qaeda, Osama bin Laden, mentor dos atentados de 11 de Setembro, foi morto no domingo no Paquistão, com um tiro na cabeça, numa operação de 40 minutos comandada diretamente pela Casa Branca, com apoio paquistanês.

O presidente dos EUA, Barack Obama, anunciou a morte do terrorista mais procurado do mundo em um pronunciamento no fim da noite. Militares americanos ficaram com o corpo de Bin Laden sob custódia. Segundo o “New York Times”, o corpo do terrorista foi levado para o Afeganistão e depois lançado ao mar.

De acordo com o NYT e a agência de notícias Associated Press, o funeral seguiu o preceito muçulmano de enterrar o corpo no mesmo dia da morte. Ao mesmo tempo, divulgou a agência AP, as autoridades americanas justificaram o sepultamento no mar afirmando que seria difícil encontrar um país que aceitasse receber o corpo de um dos mais procurados líderes extremistas do mundo.

O governo americano está fazendo testes de DNA com os restos mortais de Osama Bin Laden e usou técnicas de reconhecimento facial para ajudar em sua identificação, disse um porta-voz dos Estados Unidos nesta segunda-feira. O resultados devem estar disponíveis nos próximos dias. “Em noites como esta, podemos dizer que a justiça foi feita”, afirmou Obama.

O presidente americano frisou que “os Estados Unidos não esqueceram seus mortos” e que sua guerra é contra o terror, e não contra o islamismo.

O principal líder da organização terrorista al-Qaeda foi morto num complexo residencial na localidade de Abbottabad, próximo à cidade de Islamabad. O anúncio oficial de sua morte foi feito no domingo às 23h35m (0h35m no horário de Brasília) por Obama, em um pronunciamento na TV direto da Casa Branca.

Filho de Bin Laden também morreu em ataque

A operação que matou Osama bin Laden também deixou três homens e uma mulher mortos, incluindo um filho do chefe da Al-Qaeda, informaram fontes oficiais. “Além de Osama bin Laden, três homens foram mortos na operação”, afirmou a fonte, que não quis ser identificada.

Dois dos homens trabalhavam como mensageiros de Bin Laden e o terceiro supostamente seria um filho de Bin Laden. “Uma mulher foi morta quando foi usada como escudo por um combatente. Duas outras mulheres ficaram feridas”, afirmou ainda a fonte, acrescentando que a operação durou menos de 40 minutos. Informações da AFP – Agence France-Presse.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

To Top