Polícia

Polícia Federal apura superfaturamento em estádio da Copa construído pela Odebrecht; sede em Salvador é cercada

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (14) uma operação para apurar superfaturamento na construção da Arena Pernambuco – um dos quatro estádios da Copa do Mundo construídos pela Odebrecht.

A Operação Fair Play cumpre mandados de busca em prédios da empreiteira em Recife, Salvador, São Paulo, Rio, Belo Horizonte e Brasília.

 

O estádio, localizado a 20 quilômetros de Recife custou 743 milhões de reais, 55% mais do que o previsto, e tem capacidade para 46.000 pessoas. Assim como o Itaquerão, em São Paulo, ele foi construído inteiramente pela Odebrecht. A empreiteira ainda integrou as obras do Maracanã e da Arena Fonte Nova, em Salvador.

 

A expressão Fair Play está relacionada à ética no meio esportivo e é adotada para quem “joga limpo”.

 

Sede da Odebrecht em Salvador é alvo da PF

A sede da Odebrecht, localizada na Avenida Luís Viana, a Paralela, em Salvador é alvo da Polícia Federal na manhã desta sexta-feira (14). A ação faz parte da Operação Fair Play deflagrada pela Polícia Federal de Pernambuco e deve cumprir 10 mandados de busca e apreensão nas sedes da empreiteira.

A PF realiza uma nova rodada de busca e apreensão de documentos também em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal. (Informações: Revista Veja e Bocão News).

 

To Top
%d blogueiros gostam disto: