Saúde

Enxaguantes bucais podem auxiliar na prevenção de infecções

“Quando ocorre uma falha nos bons hábitos de higiene, como limpeza das mãos, do ambiente e da boca, o corpo fica suscetível a contrair doenças, uma vez que o número de bactérias e outros microrganismos aumentam, e deixam o sistema imunológico comprometido”, explica o periodontista, Doutor em Biologia e patologia bucal  Dr. Roberto Cortelli.

Entenda a bacteremia

A bacteremia é caracterizada pela presença de bactérias na corrente sanguínea, geralmente de forma temporária. O uso prolongado ou contaminado de agulhas, infusões ou cateteres pode desencadear esse evento, assim como procedimentos médico-odontológicos que provocam sangramento.

A saúde bucal comprometida, e, principalmente a inflamação gengival parecem ser fatores decisivos quando se fala de bacteremia. Uma higiene bucal deficiente aumenta o número de bactérias acumuladas na boca que, além de causar problemas bucais, podem, por meio dos vasos sanguíneos, circular pelo corpo humano e se alojar em órgãos específicos como o coração.

Como prevenir?

Estudos comprovam que, a partir de duas semanas de uso diário, o enxaguatório bucal contendo óleos essenciais é capaz de reduzir em até 63% a chance de a pessoa desenvolver bacteremia envolvendo as bactérias causadoras de inflamação gengival.

“É essencial que as pessoas entendam a importância dos três passos da higiene bucal representados pelo uso correto da escova, fio dental e enxaguatório bucal”, afirma.

To Top
%d blogueiros gostam disto: