Política

Dissidentes do PSB consolidam migração para o Democratas

Os dissidentes do PSB são a principal aposta do DEM para reforçar seus quadros para 2018. A esperança foi reforçada nos discursos dos ministros Mendonça Filho (DEM) e Fernando Filho (PSB). A maior fonte será dos dissidentes do PSB que deverão migrar em massa para a legenda. As conversas já estão praticamente certas para a migração dos socialistas do Maranhão, Piauí e Ceará, mas as fileiras ainda podem engrossar.

Presidente do DEM em Pernambuco, Mendonça Filho acredita que a legenda deve saltar de 31 parlamentares para mais de 40. A expectativa é que a situação seja definida após a aprovação da reforma eleitora no Congresso.

Um dos insatisfeitos nas hostes socialista, Fernando Filho afirma que “boa parte do PSB sinaliza ir para o DEM quando abrir a janela partidária”. O próprio auxiliar ministerial é um deles. Na última quinta-feira, em meio a briga entre PMDB e DEM por filiações no congresso, o socialista conversou com Maia sobre as possibilidades partidárias. O diálogo é permanente entre eles. “Vamos aguardar a janela legal”, afirmou Filho, despistando sobre seu futuro partidário, durante o Fórum Nordeste 2017.

Já Mendonça Filho afirmou que a legenda aguarda a aprovação da reforma eleitoral para consolidar o crescimento da sigla. “Há um processo natural que já está praticamente consolidado. Esse processo a rigor acontece há alguns meses, estamos aguardando a legislação eleitoral para avançar no entendimento com parte da bancada do PSB que já manifestou sua intenção de deixar o partido. É um processo natural”, disse Mendonça.

Por Carol Brito / Da Folha de Pernambuco

To Top
%d blogueiros gostam disto: