Política

Jaguarari: População faz manifesto contra descaso dos vereadores

No último sábado (27), a população de Jaguarari foi às ruas para criticar a atitude dos vereadores que insistem em usar o quórum para impedir que as sessões ordinárias aconteçam e que a pauta do orçamento anual do município seja apreciada. Quem sofre com isso é a população, que, revoltada com o descaso dos vereadores, saiu às ruas com faixas e gritos de ordem para dizer que não iriam aceitar essa situação de braços cruzados.

O movimento reuniu centenas de moradores de Jaguarari e algumas personalidades políticas. Entre elas o deputado estadual Roberto Carlos, que classificou o momento político do município como inusitado e culpou os vereadores pelo sofrimento que vem sendo enfrentado pela população. “A Prefeitura vai parar completamente por culpa dos vereadores da Câmara Municipal de Jaguarari que não aceitam a democracia nas urnas na última eleição. A todo custo tentam tirar o direito do povo de Jaguarari, quando escolheu o prefeito Everton Rocha para governar o município. Os vereadores que são empregados do povo e que deveriam estar zelando pelo povo, estão com interesses próprios e picuinhas”, pontua o deputado.

Com a insistência do legislativo municipal em não apreciar o orçamento que deveria ter sido votado até dezembro de 2017, o judiciário deverá entrar em cena para assegurar que a lei seja cumprida. “Na segunda-feira vou ao Tribunal de Justiça contar o que está acontecendo aqui. O povo está sofrendo. Você sabe o que significa deixar de votar o orçamento para 2018? É que vai faltar saúde pública. O Hospital não vai atender ninguém. As estradas não podem ser consertadas. A educação não vai iniciar o ano letivo. Por que ninguém vai trabalhar de graça. Porque o orçamento que era para ser votado em 2017 ainda não foi. Eles querem tirar o Prefeito Everton Rocha, que tire nas urnas. Nesse momento, eles deixam a população de lado e pensam só no lado deles”, anunciou o deputado estadual Roberto Carlos.

Outro político que foi convidado pela população para participar do movimento foi o vereador Louri da Barrinha, que tem sido o único a comparecer a todas as sessões da Câmara e que condena a postura dos demais colegas de legislativo. “Quero dizer aos meus colegas que nós não temos que pensar em nós, temos que pensar no povo”, pontua o vereador.

Para acabar de uma vez com essa manobra do legislativo, o Prefeito Everton Rocha informou que já tomou as medidas judiciais cabíveis. “Entramos com mandados de segurança solicitando que a Justiça determine que o presidente da câmara coloque em deliberação, conclua e aprove o orçamento. O município inteiro não pode parar e nem ficar a mercê dos interesses pessoais de políticos que não tem compromisso com o povo”, anuncia o Prefeito. Agora é esperar o pronunciamento da Justiça que deve acontecer ainda essa semana, para que finalmente o município volte a funcionar sem interferências eleitoreiras.

Ascom – Jaguarari

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: