Política

Estratégia de “preso político” não surte efeito e Lula cai 6 pontos em pesquisa; Bolsonaro vai junto

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) despencou seis pontos percentuais na pesquisa Datafolha, divulgada neste domingo (15) pelo jornal Folha de S.Paulo. Em janeiro último, Lula aparecia com 37% das intenções de voto à Presidência da República. Agora soma 31%.

Segundo especialistas, a queda ocorreu por causa da prisão do ex-presidente, por determinação do juiz federal Sérgio Moro. Lula se encontra recolhido na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba.

De acordo ainda com especialistas, não funcionou a estratégia do PT em transformar a prisão de Lula, em fator político.

Sem Lula na disputa, Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT) são os “herdeiros” da expressiva intenção de voto do ex-presidente, com 20% e 15%, respectivamente. O petista Fernando Haddad herdaria somente 3% das intenções de voto de Lula.

Apesar da polarização da disputa pelos votos de Lula – os demais candidatos oscilam entre 3% a 5% -, Ciro e Marina ainda teriam que correr atrás da preferência dos indecisos, dos que votariam em branco e dos que anulariam o voto, que somam 35%.

No cenário atual, Lula lidera com 31%, seguido por Bolsonaro (15%), Marina (10%), Joaquim Barbosa (8%), Alckmin (6%), Ciro (5%), Álvaro Dias (3%), Manuela D’Ávila (2%), além de Collor, Rodrigo Maia, Henrique Meirelles e Flávio Rocha, com 1%, cada.

A pesquisa entrevistou 4.194 pessoas de 227 municípios, entre quarta-feira (11) e a sexta-feira (13). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. (Com Agências).

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: