Polícia

Suspeito de matar PM em Feira alega legítima defesa e se apresenta nesta segunda-feira

O homem suspeito de ter matado o policial militar Florisvaldo Moreira Santos Júnior, 39 anos, entrou em contato com a Polícia Civil e informou que atirou no PM em legítima defesa. Ronaldo Jerônimo de Souza Carvalho também disse que irá se apresentar nesta segunda-feira, 27, com o advogado.

O crime que resultou na morte do militar aconteceu na madrugada deste domingo (26), na Avenida Nóide Cerqueira, em Feira de Santana (a 109 quilômetros de Salvador), após o policial perseguir a ex-namorada e o atual companheiro dela em um carro.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), durante a perseguição, um dos veículos colidiu e o PM teria atirado contra o casal. Para se defender, Ronaldo acabou atingindo no militar, que foi atingido no pescoço. Ele morreu na hora.

Ainda segundo a SSP, o soldado respondia a três processos por violência doméstica contra ex-companheiras e por uma tentativa de homicídio contra o atual namorado de uma delas.

A ex-namorada de Florisvaldo, que estava no carro com Ronaldo, informou à polícia que o policial a agredia constantemente e por esta razão eles terminaram. A identidade da mulher não foi divulgada.  (Informações de A Tarde).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: