Eleições 2018

Após receber facada em Minas, Bolsonaro passa por cirurgia; quadro de saúde é estável

O candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) passou por uma laparotomia exploratória nesta quinta-feira (6), no hospital Santa Casa, após ser atingido por uma facada durante um evento da campanha em Juiz de Fora (MG). As informações são da Folha de S.Paulo.

De acordo com o jornal, Bolsonaro passou por uma cirurgia de emergência, com a abertura do abdômen, para verificar a extensão dos danos causados pelo ferimento. Os médicos verificaram a necessidade da cirurgia após exames de ultrassom. Segundo apurou a reportagem, a facada atingiu o fígado e, possivelmente, a artéria mesentérica, que sai da aorta e irriga o intestino e outros órgãos do abdômen. Os detalhes serão divulgados em coletiva de imprensa pela Santa Casa.

Bolsonaro chegou à Santa Casa de Juiz de Fora em estado grave. Por causa da extensa perda de sangue, ficou hipotenso (com pressão baixa) e chegou a entrar em choque, uma estado crítico com baixas funções vitais.

Em uma publicação feita às 18h04 em seu Twitter, o deputado Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do deputado e presidenciável Jair Bolsonaro, informou que a facada que atingiu seu pai perfurou parte do fígado, do pulmão e da alça do intestino.

“Infelizmente foi mais grave que esperávamos. A perfuração atingiu parte do fígado, do pulmão e da alça do intestino. Perdeu muito sangue, chegou no hospital com pressão de 10/3, quase morto… Seu estado agora parece estabilizado. Orem, por favor!”, afirmou na rede social. A informação ainda não foi confirmada pelo hospital.

Bolsonaro foi operado pelo Dr Cícero de Lima Rena, cirurgião coloproctologista (intestino), e pelo Dr Glaucio Silva de Souza, cirurgião especialista em fígado, além de uma extensa equipe. Os médicos conseguiram estabilizar o estado de saúde dele.

Outro filho do presidenciável, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) disse que está a caminho para Juiz de Fora (MG) e que as informações sobre o estado de saúde do candidato ao Planalto estão desencontradas.

Pelo Twitter, Eduardo pediu aos internautas que tenham fé e orem pelo pai. “Soldado que vai a guerra e tem medo de morrer é um covarde”, citou.

O caso

Jair Bolsonaro, candidato à presidência, foi atingido com um golpe de faca, na região do abdômen, na tarde desta quinta-feira (6), em Juiz de Fora, Minas Gerais. Segundo sua assessoria de imprensa, Bolsonaro passou por cirurgia.

A Polícia Federal é responsável pela segurança de Bolsonaro e acompanha o candidato em todas suas agendas. (Informações do Estadão).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: