Eleições 2018

Ciro é recebido por multidão e faz carreata de Sobral a Massapê-CE

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, desembarcou em Sobral (CE) na noite de sexta-feira (7), acompanhado do governador Camilo Santana (PT), que busca reeleição, e do ex-governador e candidato ao Senado Cid Gomes (PDT). A comitiva foi recebida pelo prefeito Ivo Gomes, ao lado de Roberto Cláudio, prefeito de Fortaleza.

Ciro Gomes disse que a receptividade no berço político de seus familiares foi parecida com as manifestações que tem recebido ao longo da campanha e destacou propostas para segurança pública e segurança hídrica. De Sobral, Ciro e aliados foram em carreata participar de comício na cidade de Massapê.

Logo ao desembarcar no aeroporto Virgílio Távora, em Sobral, a comitiva de Ciro e Camilo foi cercada por correligionários, outros candidatos ao pleito deste ano, além de amigos e eleitores que queriam ver de perto seus candidatos. A pedido dos presentes, os portões foram abertos para que a multidão tivesse acesso à parte interna do aeroporto, ao lado da pista de pouso, assim como a imprensa. Lá, os políticos posaram para fotos e  seguiram para o caminhão que os esperava. No trajeto pela Avenida Doutor Guarany, o grupo foi seguido por motocicletas e outros veículos, que formavam a carreata “Cirão da Massa”.

União

Sorridentes e lado a lado, Ciro e Camilo acenavam para a multidão que os seguia, assim como para outros grupos de pessoas que se formavam ao longo do percurso, que passou pelo Arco de Nossa Senhora de Fátima, no Centro da Cidade. Ao longo do percurso, Camilo Santana reforçou o que tem dito publicamente sobre sua posição em relação ao apoio à candidatura do PT e ao peso de ter Ciro Gomes no mesmo palanque.

“A ideia é somar com todos os brasileiros de boa fé, e a quem dá valor ao diálogo, como forma de expressar as diferenças entre as pessoas”, disse, por sua vez, Ciro Gomes, em referência ao atentado contra o candidato Jair Bolsonaro (PSL), vítima de uma facada, na última quinta-feira (6), durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG). “Depois do que aconteceu, a minha responsabilidade cresceu mais ainda. E mais grave é minha tarefa de propor, dando exemplo, o caminho por onde possamos superar esses ódio, que tem descambado para a violência”.

Propostas

Ciro mencionou que, no dia anterior, cancelou agenda no Maranhão para se “informar” sobre o estado de saúde de Bolsonaro e retomou atividades de campanha que faz pelo Nordeste no Ceará. Ao falar de segurança pública na região, ele destacou: “pretendo implantar o Sistema Único de Segurança Pública, que está somente no papel, e trazer para o Governo Federal a tarefa de enfrentar, desde a investigação até o aprisionamento, a cabeça das facções criminosas, que são as grandes responsáveis pelo colapso da Segurança Pública e disputam território na base do terror. Precisamos de severidade, tecnologia e um trabalho sério de inteligência, ao longo das investigações”.

Sobre segurança hídrica, o pedetista disse que “o fenômeno da seca é muito mais por falta de uma tecnologia que diversifique a tradição produtiva. Portanto, pretendemos completar o São Francisco, fazer essa água circular”, disse. Ele também expôs que pretende “mapear os diversos solos que temos para garantir uma agricultura de alta rentabilidade irrigada, porque só (com) isso, já se paga a energia empregada. Devemos introduzir modos novos e associativos de produção, em que os pequenos possam, apoiados por um grande, ter também rentabilidade com canais de comercialização, assistência técnica e financiamento, promovidos por uma associação pelo grande empresariado e o Governo”. (Informações do Sobral Online).

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: