Esporte

Intermunicipal: Riachão dá adeus com derrota em casa; Pé de Serra perde, mas avança na competição

A seleção de Riachão do Jacuípe foi derrotada por 4×2 para Conceição da Feira, neste domingo (16), na Arena Valfredão e deu adeus ao Intermunicipal. Em Santa Bárbara, a seleção local derrotou Pé de Serra por 1×0, mas as duas se classificaram para a próxima fase, assim como Conceição da Feira, que ficou em primeiro lugar do grupo 3.

No total, mais 15 seleções puderam comemorar a classificação para a segunda fase do 61º Campeonato Intermunicipal de Futebol. Agora, as 48 equipes que garantiram vaga serão divididas em 24 grupos de duas e se enfrentarão no sistema “mata-mata”, em jogos de ida e volta, classificando-se os vencedores dos confrontos para a terceira fase da competição estadual.

Nesta segunda fase, havendo empate em pontos ganhos, o desempate para fins de classificação contemplará com a vaga a seleção que obtiver o melhor saldo de gols. Se a igualdade persistir, a classificação será decidida através dos tiros livres da marca do pênalti.

A sexta rodada teve como destaques cinco goleadas e 89 gols marcados, uma média de 2,8 gols por partida. Euclides da Cunha superou Paulo Afonso, por 7 a 0; Cachoeira aplicou 6 a 0 em Sapeaçu; Conceição do Coité goleou Ichú por 4 a 0; Valença bateu Ituberá por 5 a 0; e Itapetinga venceu Pau Brasil por 4 a 1. Quatro jogos terminaram com o placar em branco: Paratinga 0x0 Brumado, Ubaitaba 0x0 Santo Antônio de Jesus, Biritinga 0x0 Retirolândia e Cipó 0x0 Canudos.

Na cidade de Valente, a seleção da casa fez a festa de sua torcida e venceu São Domingos por 3 a 1, garantindo a segunda colocação do Grupo 2. A liderança ficou com Campo Formoso, com 15 pontos. Valente ficou na vice-liderança, com 13, e São Domingos classificou-se em terceiro lugar, com 7 pontos.

Com cinco títulos do Intermunicipal, a seleção de Santo Amaro mostrou a sua força e derrotou Camaçari por 4 a 2, em seu estádio, fazendo a festa de seus torcedores, que prestigiaram em bom número a partida.

Logo com um minuto de jogo, um pênalti para a seleção santoamarense. Após cruzamento na área, Rafa interceptou a bola com a mão. Aos 2 minutos, Mamá fez a cobrança com força e colocou 1 a 0 no placar. Não demorou para sair o segundo gol do time da casa. Aos 5, no cruzamento para a área, Pelezinho errou o chute, mas o artilheiro Ramon estava atento para empurrar a bola para dentro.

Aos 12, Iltinho cruzou para Mamá, completamente livre, dominar a bola e tocar na saída do goleiro Rafael: 3×0 para Santo Amaro. Com a necessidade de vencer para não ser eliminada, a seleção de Camaçari fez uma mudança ousada. O técnico Jasson Dias tirou o lateral-direito Rhazzes e colocou o atacante Roger, que, aos 38 minutos, cabeceou no canto direito do goleiro Adriano, diminuindo para 3 a 1.

No finalzinho do primeiro tempo, Santo Amaro chegou ao quarto gol. O mais bonito da partida. Iltinho fez bela jogada pela direita e cruzou na área. Ramon não acertou a cabeçada, mas Mamá pegou de primeira e marcou um golaço.

No segundo tempo, Camaçari ainda diminuiu com Bida, que acertou um chute rasteiro no canto direito do goleiro Adriano. Mas Santo Amaro soube controlar jogo, criou outras oportunidades para ampliar o placar, porém o jogo terminou mesmo em 4 a 2.

Santo Amaro, que vai enfrentar Pé de Serra na segunda fase, venceu com Adriano, Dudu (Hugo), Willian Santana, Júnior Ventura e Thiago; Abademir, Fabio Santa Luz, Mamá e Iltinho; Ramon (Doidão) e Pelezinho. Técnico: Eduardo Mendes. Eliminada da competição estadual, Camaçari perdeu com Rafael, Rhazzes (Roger), Tico, Tratá e Nariga (Timba); Kal, Dimilau, Iroche (Bida) e Netinho; Geu (Lucas) e Rafa (Sêco).

GRUPO 13 – Como houve um empate em pontos ganhos, número de vitórias, saldo de gols e gols marcados entre as seleções Camacan e Una, o desempate para fins de classificação à segunda fase se deu através do que reza o Art. 7º, Parágrafo Único, Letra d do regulamento, que diz: “d) Maior número de pontos ganhos no confronto direto;”.  Nas duas vezes em que se enfrentaram, Una venceu Camacan por 1 a 0, em casa, e na casa da adversária empatou em 0 a 0. Com isso, no confronto direto, Una alcançou quatro pontos, contra apenas um de Camacan, e é a terceira colocada do Grupo 13. (Fonte: FBF).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas

To Top
%d blogueiros gostam disto: