Interior da Bahia

Esporte

Jacuipense brilha no Ceará, arranca empate com o Floresta e fica a uma vitória da Série C

O Jacuipense conquistou um grande resultado na tarde desta segunda-feira (15) ao empatar em 2×2 com o Floresta, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, Ceará, em partida válida pelas quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. Os gols do Leão do Sisal foram marcados por Thiago Lima (de pênalti) e Daniel Alves, enquanto Alison e Renezinho marcaram para o Floresta. Agora, para a jogo de volta, a equipe só precisará vencer por qualquer placar que conquistará uma das quatro vagas para a Série C em 2020.

Floresta e Jacuipense fizeram um jogo equilibrado (Foto: Camila Lia/ Diário do Nordeste)

No primeiro tempo a equipe se comportou melhor e terminou vencendo por 1×0, gol de Thiago Lima em cobrança de pênalti. No segundo tempo o Floresta foi pra cima e conseguiu o empate, depois virou a partida para 2×1. Mas o a equipe de Riachão do Jacuípe conseguiu o gol de empate, com Daniel Alves, conquistando um resultado muito importante para este confronto de 180 minutos.

O próximo duelo acontece no próximo domingo (21), às 15 horas, na Arena Valfredão, em Riachão do Jacuípe, com o vencedor subindo para a Série C. Em caso de um novo empate, a vaga de acesso será decidida nos pênaltis. 

Como foi o jogo

O Floresta começou a partida atacando o time baiano, que só se defendia. Com um futebol veloz e tocando bem a bola, o time da Vila Manoel Sátiro pressionou, acertando a trave com Marconi e perdendo pelo menos duas chances com Eugênio, parando no goleiro Jordan.

Domingo, jogadores do Jacuipense querem repetir a mesma cena diante do América-RN

Mas a Jacuipense, time bem mais experiente, controlava o jogo com toque de bola lento, deixando o tempo passar, esperando um erro do Floresta para chegar ao seu gol. E ele veio aos 39 minutos: Wellington lançou para Marcelo Nicácio, mas Regineldo colocou a mão na bola dentro da área e árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Thiago Lima bateu no alto de Carlão e fez 1 a 0 para o time visitante.

Com a vantagem, o Leão do Sisal controlou o primeiro tempo sem problemas para sair com a vitória parcial. Para o segundo tempo, o Floresta voltou com a mesma formação, ainda com três zagueiros. Ainda assim, o time de Raimundinho pressionou desde o início, perdendo grande chance com Eugênio logo aos 7 minutos, em cabeçada que Jordan defendeu.

Mas o técnico do Floresta esperou apenas até os 20 minutos para deixar o time mais ofensivo, tirando o zagueiro Everton para a entrada do atacante Canga, e a saída do volante Marconi para a entrada no meia Iago Barbosa. Pelo lado do Jacuipense, Janílson Veloso trocou Thiago Lima por Daniel Alves, e Marcelo Nicácio por Popô.

Já mais presente no ataque, o Verdão quase empatou aos 27, em cobrança de falta de Eugênio, mas no minuto seguinte o gol saiu. Danrley cobrou escanteio e Alisson cabeceou bem, sem chances para Jordan, empatando no PV: 1 a 1.

Encurralando o Jacuipense, o Floresta passou a pressionar mais em busca da vitória, e a virada veio aos 36 minutos com um golaço. Renezinho recebeu na esquerda, tirou a marcação e bateu no ângulo de Jordan, para festa dos jogadores do Floresta: 2 a 1.

O resultado daria uma vantagem importante para o time da Vila Manoel Sátiro para o jogo de volta, podendo até empatar, mas, aos 41 minutos do 2º tempo, o Jacuipense deixou tudo igual com Daniel Alves, frustrando o time cearense: 2 a 2. (Da redação do Interior da Bahia, com informações do Diário do Nordeste e Rádio Assunção).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas