Esporte

Série D: Jacuipense vence o Floresta, avança às semifinais e garante vaga na Série C 2020

Após o empate em Fortaleza, Jacuipense e Floresta protagonizaram uma partida decisiva no Estádio Valfredão, em Riachão do Jacuípe, na tarde deste domingo (21), às 15 horas. A Jacuipense levou a melhor e venceu por 1 a 0, com gol de Popô, garantindo passagem às semifinais da Série D e uma vaga inédita na Série C do Campeonato Brasileiro de 2020. 

Foto histórica do elenco após a partida sob olhares do Valfredão lotado (Foto: WhatsApp)

Com um jogo truncado, o Leão do Sisal conseguiu ser melhor na primeira etapa, criando boas oportunidades, principalmente com Jhulliam, em cabeçada aos 5 minutos, depois de boa jogada do lateral Caíque pela esquerda. O goleiro Carlão ‘tirou com os olhos’. Outro momento importante da equipe de Riachão aconteceu aos 29, depois que Vitor roubou uma bola na defesa e partir para o ataque, tocou para Danilo Rios, que devolveu pronta para o arremate, mas a conclusão do meia foi por cima.

Essa foi a tônica da primeira etapa, com o Jacuipense com mais posse de bola e chegando com mais frequência ao gol adversário. O Floresta, por seu lado, veio mais cauteloso e só saia na boa, com o lateral Danrlei e algumas jogadas de Paulo Vitor e Eugênio, mas este muito isolado no meio da zaga adversária.

Já aos 18 minutos, o atacante Marcelo Nicácio sentiu e foi substituído por Popô. A alteração de Jonilson Veloso mudou a forma da equipe jogar, já que Nicácio ficava mais centralizado e segurando a zaga, enquanto Popô, com características diferentes, deu mais velocidade,  explorando as laterais do campo.

Segundo tempo

A segunda etapa foi bem diferente. O Floresta veio pra cima, estratégia que parece ter surpreendido o Jacuipense, que passou a ser incomodado muito mais do que fora na primeira etapa. Com o jogo aberto, algumas oportunidades foram criadas dos dois lados, logo no inicio.

Popô marcou o gol da classificação e correu para comemorar com os companheiros

Após sentir uma contusão, e já com cartão amarelo, Danilo Rios pediu substituição antes dos 15 minutos. A entrada de Eudair deu mais velocidade ao Leão do Sisal, mas o Floresta seguia incomodando, com o perigo rondando a meta de Jordam. E foi uma grande defesa do goleiro, nos pés de Paulo Vitor, aos 16 minutos, que impediu o gol dos visitantes. Em seguida, Popô concluiu de voleio, por cima, após cruzamento de Thiago Lima.

Aos 26, Raimundinho trocou Mateus Bahia por Canga, tentando ajustar a sua equipe. Mas aos 29, depois de jogada de Caíque pela esquerda, Eudair recebeu e passou com precisão para Popô, que ajeitou e mandou para as redes: Jacuipense 1×0.

Aos 33, Jonilson trovou Paulinho por Daniel Alves, deslocando Thiago Lima para a lateral. Aos, 35, 36 e 37, um ataque a favor do Floresta e dois para o Jacuipense, mostraram que a partida estava aberta e que o seu desfecho era imprevisível. Perto do final, o goleiro Jordam foi obrigado a sair de soco, mas passou em branco. Para alivio do torcedor do Leão, o árbitro marcou falta de ataque, e Alisson acabou sendo expulso após pequena confusão. Era o fim, com o Jacuipense classificado para as semifinais e explosão na arquibancada.  

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas