Esporte

Série D: Jacuipense empata em casa e perde os 100%; Ituano-SP abre vantagem sobre o Brusque

Na tarde deste domingo (28), o Jacuipense fez a sua pior partida pela Série D do Campeonato Brasileiro, considerando os jogos realizados no Estádio Valfredão, em Riachão do Jacuípe. Com um futebol de regular para ruim, a equipe apenas empatou com o Manaus por 1×1, e agora vai ter que vencer no tempo normal por qualquer resultado, ou empatar e decidir nas penalidades, para passar para as finais da competição. O jogo de volta, em Manaus (AM), acontece no próximo sábado, às 16h.

Thiago Lima abriu o placar, de pênalti (Foto: Futebol Interior)

Sem apresentar o mesmo entrosamento dos jogos anteriores, o Leão do Sisal esteve sem brilho a partida inteira, sentindo muito a ausência do meia Danilo Rios, principal responsável pela criação de jogadas da equipe. Com  Eudair, a equipe parecia ficar mais veloz, mas a ausência do meia titular foi sentida principalmente pela falta de organização no meio campo.

Com isso, o Manaus tirou proveito e, apesar de não ser uma equipe brilhante, acabou a primeira etapa mostrando mais organização em campo, com muita movimentação, principalmente através do meia Rossini.

Popô não teve a mesma sorte do jogo passado e ainda saiu contundido

Ainda assim, o Jacuipense foi quem marcou primeiro, aos 22 minutos, depois de uma jogada pela direita que Popô se esforçou para aproveitar, o que acabou acontecendo. Após o chute do atacante, a bola tocou na mão da zaga e o juiz marcou pênalti. Thiago Lima cobrou no canto direito, sem chances para o goleiro Jonathan: 1×0 Jacuipense.

Mas aos 42, o Manaus empatou, com Hamilton, esfriando a arquibancada, que pegou um bom público.

Segundo tempo ruim

Se no primeiro tempo não foi bom, no segundo tempo o jogo ficou pior, amarrado, apesar das tentativas do Jacuipense, mas sempre de forma desordenada. O Manaus perdeu um pênalti aos 23 minutos, com Negueba, desperdiçando a oportunidade de virar o placar.

Aos 42, depois de várias tentativas, Uelliton cobrou uma falta com violência, mas o goleiro Jonathan fez uma grande defesa. Logo em seguida o Manaus deu a resposta, novamente com Hamilton, quase marcando o gol da virada.

Com o empate, o Jacuipense perdeu os 100% dentro de casa, e agora vai decidir em Manaus, na Arena da Amazônia, que deve estar lotada no próximo sábado para o jogo de volta. Quem vencer vai à final, com outro empate, a decisão será nos pênaltis.

Ituano sai na frente

O Ituano largou na frente na abertura das semifinais do Campeonato Brasileiro da Série D. Nesta tarde deste domingo, no estádio Novelli Júnior, em Itu-SP, ganhou do Brusque-SC, por 2 a 0, podendo agora perder por um gol de diferença em Santa Catarina.

Claudinho comemora gol com torcida do Ituano (foto: Miguel Schincariol /Futebol Interior)

O Ituano voltou a mostrar bom futebol diante de sua torcida e transformou isso em vantagem numérica. Claudinho, de cabeça, abriu o placar aos 20 minutos do primeiro tempo. Mateus, aos 21 minutos do segundo tempo, ampliou o placar também de cabeça.

No jogo de volta, no próximo domingo, o time paulista pode perder até por um gol de diferença para chegar à decisão.

Caso perca por dois gols, a definição da vaga vai para a cobrança de pênaltis. O Brusque avança se vencer por três gols ou mais de diferença, o que parece pouco provável nesta fase de muito equilíbrio.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas