Esporte

Inter e Atlhetico-PR vencem e farão a final da Copa do Brasil

Dessa vez não deu. Campeão das duas últimas edições da Copa do Brasil e maior vencedor do torneio com seis taças, o Cruzeiro parou no Internacional na noite desta quarta-feira (4) no Beira-Rio, adiando o sonho do hepta. A dura derrota de 3 a 0 (4 a 0 no agregado) para o Colorado afastou também a chance de o técnico Rogério Ceni conquistar um título inédito em sua carreira. Paolo Guerrero marcou os dois primeiros, e Edenílson completou o placar.

D’Alessandro e Guerreiro comemoram gol do Inter (Foto Ricardo Duarte/Divulgação/Inter)

Após desperdiçar a última chance de salvar a temporada, bastante conturbada dentro e fora de campo, a Raposa volta a atenção para o Campeonato Brasileiro. Domingo (8), o time que ocupa a 16ª posição na tabela recebe o Grêmio, às 11h, no Independência, pela 18ª rodada.

Dedé saiu contundido no intervalo e desmoronou a defesa do Cruzeiro (Foto: EM)

Na final, o Inter pega o Athletico-PR, que venceu o Grêmio também nesta quarta-feira (4) por 5 a 4 nas cobranças nos pênaltis. O sorteio do mando de campo será nesta quinta-feira (5) à tarde na sede da CBF, no Rio.

Athletico vira  

O Athletico Paranaense é finalista da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, o Furacão derrotou o Grêmio por 2 a 0 no tempo regulamentar e por 5 a 4 nos pênaltis, na Arena da Baixada, em Curitiba, e assegurou presença na decisão de 2019. 

Marco Ruben fez o segundo gol do Athletico e converteu um pênalti (Foto: Athletico-PR)

No tempo normal, os gols foram de Nikão e do argentino Marco Ruben. Nas penalidades, o Athletico foi perfeito, converteu suas cinco cobranças e contou com uma defesa do goleiro Santos, na última batida gremista, de Pepê, para ir à finalíssima.

Além da oportunidade de escrever o nome na história, o torneio proporciona uma premiação milionária. Ademais aos R$ 12 milhões já recebidos até a semifinal, o vencedor embolsa outros R$ 52 milhões. O vice leva mais R$ 21 milhões.

O Grêmio, por sua vez, cai na primeira competição de mata-mata no ano. Campeão estadual, o time de Renato Gaúcho direciona suas atenções para a Copa Libertadores, onde enfrenta o Flamengo na semifinal, além do Campeonato Brasileiro, competição em ocupa apenas a 11ª colocação, com 22 pontos. (Fontes: Jornais O Tempo e Estado de Minas).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas