Política

Prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira fecha com Ciro e entra no PDT

Nesta quarta-feira (15), o prefeito Edvaldo Nogueira, em almoço com o ex-ministro Ciro Gomes e o prefeito de Fortaleza, Roberto Claudio (PDT), definiu sua ida definitiva para o PDT. Eles conversaram longamente sobre a política nacional, os caminhos da centro-esquerda no Brasil e a necessidade de uma ampla unificação em prol da democracia, dos direitos dos trabalhadores e do povo brasileiro para construir uma alternativa ao atual governo.

Edvaldo Nogueira, Ciro Gomes e Roberto Cláudio se encontraram em Fortaleza, Ceará

Ciro Gomes revelou que vem acompanhando a trajetória de Edvaldo Nogueira, desde os aspectos que realçam a sua administração municipal às tratativas que o prefeito deu início ainda no ano passado junto ao presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e ao deputado federal Fábio Henrique, presidente estadual do partido em Sergipe.

“A vinda do prefeito Edvaldo Nogueira para o PDT representa uma grande aquisição. Trata-se de um quadro qualificado, com comprovada capacidade política e gerencial, e cuja atuação nas nossas fileiras vai ajudar muito o partido nacionalmente”, disse Ciro.

O prefeito Edvaldo Nogueira considerou a reunião como “extremamente produtiva”. “Foi reveladora de inúmeros pontos de convergência entre o meu pensamento e o de Ciro Gomes, tanto no plano do diagnóstico nacional, quanto na visão de saídas e soluções para o Brasil a partir do campo progressista”, comemorou o prefeito.

Educação e tecnologia

No campo institucional, o prefeito Edvaldo Nogueira tratou também longamente com o prefeito de Fortaleza, Roberto Claudio, sobre as experiências da cidade na área de educação, na qual a capital vem se notabilizando nacionalmente pelos avanços, e sobre a mais recente experiência tecnológica da Prefeitura de Fortaleza com carros elétricos compartilhados.

Para Edvaldo, o modelo “é uma experiência pioneira no Brasil”. Fortaleza foi a cidade que implantou o primeiro sistema público de carros elétricos compartilhados no país. Ambientalmente sustentável, que incentiva o uso de energias limpas e renováveis, sem emissão de gases poluentes e também sem poluição sonora. “E essa são duas vertentes que interessam muito a nossa administração: o uso da tecnologia e a sustentabilidade”, completou. (Agência Aracaju de Notícias).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas