Esporte

CBF esvazia Nordeste nas Eliminatórias da Copa do Mundo 2022

A CBF diminuiu pela metade a participação do Nordeste como sede dos jogos do Brasil nas eliminatórias do Mundial. Se para garantir vaga à disputa de 2018, a Seleção jogou quatro vezes naquela região, agora, tentando se classificar para a Copa de 2022, no Catar, só vai atuar duas vezes no Nordeste.

Apenas Brasil x Equador, 12 ou 13 de novembro de 2020, será na Arena Fonte Nova, Bahia.

Por outro lado, a entidade manteve o privilégio ao Estado de São Paulo, que vai receber pela segunda vez consecutiva mais partidas da Seleção no torneio eliminatório.

A programação inteira do local dos jogos do Brasil, em casa, nas eliminatórias de 2022 foi divulgada nesta sexta-feira (31) e teve um viés político em algumas decisões.

A exclusão da Arena da Baixada na lista de compromissos da Seleção – foi assim também na eliminatória anterior – tem a ver com o tom crítico do presidente do Athletico-PR, Mario Celso Petraglia, um dos poucos que batem de frente com a direção da CBF.

A Arena das Dunas, em Natal, e a Arena Castelão, em Fortaleza, também ficaram fora, assim como a Arena Cuiabá, em Mato Grosso, que nem sequer sediou jogo das eliminatórias de 2018.

Veja o local das partidas da Seleção, no Brasil, pelas Eliminatórias:

27/3/2020 – Brasil x Bolívia – Arena Pernambuco;

3 ou 4 de setembro de 2020 – Brasil x Venezuela – Estádio Mané Garrincha, no DF;

13/10/2020 – Brasil x Argentina – Arena Corinthians (SP);

12 ou 13 de novembro de 2020 – Brasil x Equador – Arena Fonte Nova, na Bahia;

30/3/2021 – Brasil x Peru – Beira-Rio (RS);

8/6/2021 – Brasil x Uruguai – Maracanã;

2 ou 3 de setembro de 2021 – Brasil x Colômbia – Morumbi (SP);

12/10/2021 – Brasil x Paraguai – Arena Amazônia;

11 ou 12 de novembro de 2021 – Brasil x Chile – Mineirão.

To Top
%d blogueiros gostam disto: