Política

Governador da Paraíba e 22 prefeitos anunciam desfiliação do PSB

Através de carta, vinte e dois prefeitos paraibanos anunciaram, nesta sexta-feira (31), a desfiliação do PSB. Eles se reuniram nesta manhã para anunciar a decisão. Os gestores apontaram ‘falta de diálogo e o processo antidemocrático adotado para mudança da direção estadual’.

Os prefeitos alegaram falta de diálogo no PSB-PB e acompanham o governador

Ainda foi apontado pelos gestores, que os mesmos se filiaram por ‘acreditar em um projeto político que tinha a missão de promover mudanças estruturais na Paraíba, levando desenvolvimento e melhorando a qualidade de vida da população’, mas ‘todas as decisões foram tomadas sem diálogo, sem ouvir aqueles que estavam na ponta, dentro dos municípios’.

“Sem um processo democrático, onde todos têm voz e vez, não há construção partidária e não entramos no PSB para não sermos ouvidos”, disseram.

Os prefeitos reafirmaram ainda apoio ao governador João Azevêdo, garantindo que aguardam a decisão de filiação partidária para acompanhar o Chefe do Executivo estadual. “Seguimos com o projeto político que ajudamos a construir, que é encabeçado por um governador que teve 58,18% dos votos dos paraibanos, eleito já em primeiro turno”, afirmaram.

Governador não garante, mas deve se acertar com o Cidadania

Os gestores lembraram que este é um ano eleitoral e que não podiam defender um partido que não faz parte do projeto que eles acreditam, destacando que uma agremiação partidária é composta de várias pessoas e construída por muitas mãos.

Eles pontuaram que ‘um partido político é também instrumento de transformação e a sua construção deve ser feita de forma coletiva’. “Seguimos com o projeto que lutamos para virar realidade e que vem promovendo mudanças importantes no nosso estado. Aqui, somos todos Paraíba!”, concluíram. (Fonte: Wscom/PB).

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Lidas