Polícia

Polícia vai rastrear gastos e investimentos do miliciano Adriano em Sergipe e Bahia

Policiais assassinaram, mas a SSP da Bahia insiste em dizer que o miliciano Adriano da Nóbrega morreu por ter reagido à prisão.

Adriano e a mulher em uma fazenda do interior da Bahia

Queima de arquivo! Foi assassinado!

Nesta quinta-feira, 13, o jornal O Globo informa que a polícia da Bahia vai investigar gastos e investimentos de Adriano na Bahia e em Sergipe.

Adriano seria dono de uma equipe que participa de vaquejadas em Sergipe e na Bahia.

Adriano, tido como chefe miliciano do “Escritório do Crime”, no Rio de Janeiro, foi assassinado durante operação policial.

Dias antes, ligou para seu advogado e foi enfático: “Doutor, ninguém está aqui para me prender. Eles querem me matar. Se me prenderem, vão matar na prisão”.

(Com informações do site NE Notícias)

To Top
%d blogueiros gostam disto: