Política

Osni, ex-prefeito de Serrinha, é condenado a devolver R$ 230 mil aos cofres públicos

Em sessão virtual realizada nesta quarta-feira (3), a Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) condenou o ex-prefeito de Serrinha e atual deputado estadual, Osni Cardoso (PT), a devolver R$ 230,4 mil aos cofres públicos por irregularidades em um convênio firmado entre a prefeitura de Serrinha e a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) para a construção de uma piscina semiolímpica, “incluindo serviços preliminares”, na época em que Osni era prefeito da cidade. Em razão da gravidade das irregularidades apontadas, o ex-prefeito também terá que pagar duas multas: uma, sancionatória, de R$ 4 mil e a outra, compensatória, de R$ 23 mil (correspondente a 10% do valor do convênio). Ainda cabe recurso da decisão.

To Top
%d blogueiros gostam disto: