Saúde

Casos da Covid-19 voltam a aumentar em Riachão e região

O fenômeno de interiorização da Covid-19 continua sendo muito presente e motivo de preocupação para as autoridades de saúde que buscam por medidas para conter o avanço da doença.

Número de casos de Covid-19 tem aumentado na região do Jacuipe

Em alguns municípios da Região Sisaleira e Bacia do Jacuípe o aumento de casos tem chamado atenção e causado preocupação à população. Ainda assim, alguns municípios não têm tomado medidas eficazes, inclusive sem investir as verbas destinadas ao combates do vírus. Confira abaixo:    

Em Riachão do Jacuípe, os dados informados nesta última segunda-feira (29), basicamente reforça a tese que vem se confirmando dia, após dia, com aumento de pessoas infectadas, e incerteza de estabilidade do vírus. Segundo as informações da Secretaria Municipal de Saúde, houve mais 15 casos confirmados de Covid-19, saltando de 70, para 85 pessoas que já foram acometidas com a doença.

Candeal no Território do Sisal, também houve aumento expressivo de pessoas infectadas. Com 25 casos, o Povoado de Belo Alto lidera com enorme disparidade em relação a própria sede com 05 casos, Comunidade de Tabuleiro 04 casos e o Povoado de Chapada, aparece com 02 casos, confirmando 36 no total.

O município de Ichu, somente neste último domingo dia 28, teve o seu primeiro registro, conforme as informações repassadas pela equipe epidemiológica, trata-se de um paciente, embora seja filho da cidade, mas não está morando momentaneamente em sua terra natal.

Em Ichu aconteceu o primeiro caso esta semana

Pé de Serra chama atenção para o aumento de pessoas também infectadas, sendo a maioria da sede, e do Povoado de Aroeira, 06 pacientes cada; três pessoas contraíram a doença do Povoado de Caldeirão do Negro, dois casos de Lagoa de Pé do Morro, e um caso confirmado em Caldeirão da Prima. Vale ressaltar, que a partir desta quarta-feira dia 01 de julho, o município de Pé de Serra entrou na lista de cidades que terão seus transportes intermunicipais suspensos, para atender ao decreto do governo baiano, como medida restritiva para impedir o avanço do coronavirus no estado.

A situação em Serra Preta é a seguinte: o município contabiliza atualmente com 16 casos da doença, espalhados em apenas três localidades, as mais habitadas, Bravo 06; Ponto têm 07 casos e na sede com 03 casos. Em território serra-pretense houve dois óbitos.

To Top
%d blogueiros gostam disto: