Polícia

Lençóis: Mulher é agredida e jogada de altura por três homens

Apesar dos casos de violência contra mulher terem entrado na pauta do dia pela frequência em que ocorrem, ainda chamam atenção pelas diversas formas que acontecem e os lugares distintos.

Mulher foi agredida em Lençóis, na Chapada Diamantina

Desta vez, o cenário foi em Lençóis, na Chapada Diamantina, onde uma jovem de 22 anos, identificada como Ana Carolina Santos, foi agredida a chutes, socos e jogada de uma altura de 1,5 metro por três homens em motos. 

O crime de violência contra mulher aconteceu na madrugada desta segunda-feira (2), mas os resquícios ainda permanecem na vítima, que não consegue falar a respeito e sente dores por todo o corpo, segundo relatos da irmã Tâmara Santos, de 29 anos. Ainda conforme irmã da vítima, um dos homens foi o que mais agrediu. 

“Ele agrediu muito, ela está muito machucada mesmo, botou muito sangue para fora pelo nariz. Ainda jogou ela de uma altura de mais ou menos 1,5 metro, ele bateu muito no rosto dela”, contou. 

Veja vídeo: 

Após as agressões, a vítima foi levada para um hospital em Seabra para realizar exames. Todavia, não conseguiu fazer a tomografia e retornou para casa. Tâmara Santos afirmou que a irmã já registrou o Boletim de Ocorrência na delegacia local e formalizou a denúncia de violência contra mulher. 

Entenda como aconteceu o caso 

Tâmara contou que ela, a irmã, o marido, o namorado de Carol e as primas estavam socializando em um local conhecido como Balaustrada, após uma caminhada política de um candidato à prefeitura. “Tinha um pessoal (os agressores) lá que era da oposição do partido da gente, estava lá no meio como se fosse pra procurar confusão, aí namorada de um deles disse que Carol estava olhando para o namorado dela, aí Carol disse ‘Moça, não tem nada disso não, eu tô com meu namorado aqui. Nisso Carol disse que o namorado da menina simplesmente não quis saber, não perguntou nada, colocou a namorada para trás e foi pra cima de Carol”, relatou.  

Ainda conforme Tâmara, a vítima e o namorado saíram do local e ficaram perto da casa de Carol quando os agressores chegaram e agrediram a jovem mais uma vez. Depois do ocorrido, os homens subiram nas motos e deixaram o local. 

“Ela está com o psicológico muito abalado. Mas, agora tá tudo registrado já”, finalizou. Fonte: Bocão News).

To Top
%d blogueiros gostam disto: