História

Carrasco do Brasil em 1982, Paolo Rossi morre aos 64 anos

Um dos principais ídolos da história do futebol italiano, o ex-atacante Paolo Rossi faleceu nesta quarta-feira (9) aos 64 anos.

Rossi atuava como comentarista esportivo desde a aposentadoria / Foto: reprodução / FIFA

A informação foi divulgada pelo jornalista Enrico Varriale, apresentador da RAI Sport e companheiro de trabalho do então comentarista esportivo – função desempenhada após a aposentadoria. Um câncer de pulmão, descoberto há pouco tempo, seria a causa da morte do ex-atleta, de acordo com a Gazzetta dello Sport, jornal da Itália.

“Inesquecível Pablito, que fez todos nós nos apaixonarmos naquele verão de 1982 e que foi um precioso e competente colega de trabalho da RAI nos últimos anos”, publicou sem detalhes das causas da morte.

Rossi é tratado como uma lenda do esporte pela grande atuação na Copa do Mundo de 1982

Conhecido como ‘Bambino D’Oro’, Rossi é tratado como uma lenda do esporte pela grande atuação na Copa do Mundo de 1982 conquistada pela Itália. Na ocasião, foi artilheiro com seis gols, sendo três na vitória pelas quartas de final por 3 a 2 contra a Seleção Brasileira de Zico, Falcão, Júnior e Sócrates.

Rossi foi ídolo na Juventus, clube no qual conquistou o Campeonato Italiano (1981/82 e 1983/84), a Copa Europeia (atual Liga dos Campeões), em 1984/85, a Supercopa da Uefa em 1984, a extinta Recopa Europeia, em 1983/84, e a Copa da Itália, em 1982/83. 

To Top
%d blogueiros gostam disto: