Política

Rodrigo Maia discute ida para Cidadania ou PSL e quer levar 40 políticos

Ex-presidente da Câmara tem conversado com Cidadania e iniciou tratativas com o ex-partido de Bolsonaro, mas filiação ao PSL passa por questões estratégicas envolvendo a eleição de 2022

Rodrigo Maia pode provocar baixas no DEM (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) tem negociado a saída do DEM. Ele já conversou com o Cidadania, embora sem convite formal, e iniciou tratativas com o PSL, segundo maior partido da Casa.

Maia planeja levar consigo, caso migre mesmo de legenda, cerca de 40 políticos, a grande maioria filiada ao DEM, seu atual partido. Na lista estão governadores, prefeitos, deputados federais e deputados estaduais com os quais cultivou relação próxima em seus quase cinco anos como presidente da Câmara.

Maia tem dito a aliados que o PSL tem estrutura para ser protagonista na eleição de 2022 e que gostaria de articular uma candidatura para enfrentar o presidente Jair Bolsonaro. Dirigentes do PSL, por sua vez, veem com bons olhos a ida de Maia para a legenda e o possível projeto presidencial.

Mas avaliam que o deputado precisaria adotar uma postura menos agressiva do que a que manteve como presidente da Câmara, quando, em muitas ocasiões, protagonizou rusgas com Bolsonaro. Aliados de Maia filiados ao DEM, por sua vez, ressaltam que seria “delicado” migrar para uma legenda recheada de deputados bolsonaristas. (Fonte: O Globo).

To Top
%d blogueiros gostam disto: