Política

João Roma é nomeado ministro, ACM Neto finge que não aprova, mas traição a Maia se confirma

Ex-prefeito de Salvador e ex-deputado federal, o presidente do Democratas, Antônio Carlos Magalhães Neto, criticou o deputado João Roma (Republicanos-BA), seu aliado político e ex-funcionário de gabinete, por ter aceitado a chefia do Ministério da Cidadania.

João Roma, aliado de Neto, foi indicado ministro de Bolsonaro (Foto: Congresso em Foco)

A confirmação de Roma como chefe da pasta ocorreu na tarde desta sexta-feira (12/2), depois de convite do presidente Jair Bolsonaro. A mudança foi publicada no Diário Oficial da União.

“Considero lamentável a aceitação, pelo deputado João Roma, do convite do Palácio do Planalto para assumir o Ministério da Cidadania. A decisão me surpreende porque desconsidera a relação política e a amizade pessoal que construímos ao longo de toda a vida”, publicou ACM Neto no Twitter.

O presidente do Democratas se tornou desafeto de Bolsonaro e até mesmo tentou convencer João Roma a não aceitar o ministério. Caso a nomeação ocorresse, ele até ameaçou a transformar o DEM em partido de oposição do governo federal.

“Se a intenção do Palácio do Planalto é me intimidar, limitar a expressão das minhas opiniões ou reduzir as minhas críticas, serviu antes para reforçar a minha certeza de que me manter distante do governo federal é o caminho certo a ser trilhado, pelo bem do Brasil”, postou ACM Neto.

Roma é o primeiro integrante do Republicanos a ocupar o ministério do governo. O partido faz parte do Centrão, grupo que se aproximou do presidente e ajudou nas eleições de Arthur Lira (Progressistas-AL) para a presidência da Câmara, e do mineiro Rodrigo Pacheco (DEM-MG) para o Senado – ambos foram apoiados por Bolsonaro.

Com a nomeação de João Roma para a Cidadania, o ex-chefe da pasta, Onyx Lorenzoni, se transferiu para Secretaria-Geral da Presidência.

Maia reage

Logo que tomou conhecimento da nomeação de João Roma, o ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia, voltou a atacar o DEM, agora via Twitter, segundo a Coluna de Guilherme Amado na Revista Época.

Rodrigo Maia, voltou a criticar o DEM e ACM Neto: traição

Maia tuitou a notícia da nomeação do depurado João Roma, aliado de ACM Neto, presidente do DEM, para o Ministério da Cidadania. Com a frase:

“ACM Neto mostrou hoje o seu caráter’, ataca Maia após Planalto nomear aliado de Neto”.

Comentário:

ACM Neto pode até estar falando a verdade, mas as evidências provam o contrário. João Roma é ligadíssimo ao ex-prefeito de Salvador, de quem foi Chefe de Gabinete. Dificilmente uma ação como essa não seria combinada. Muito difícil. Até porque seria assinar recibo cedo demais.

To Top
%d blogueiros gostam disto: