Nordeste

Médica veterinária morre vítima da ‘Doença da Urina Preta’ em PE

A médica veterinária Priscyla Andrade, de 31 anos, morreu no Recife vítima da Síndrome de Haff, ou “Doença da Urina Preta”, como é popularmente conhecida. Ela estava internada em um hospital particular desde o dia 17 de fevereiro após apresentar sintomas da doença.

A médica veterinária Priscyla Andrade, 31 anos, morreu vítima da Síndrome de Haff.

A médica deu entrada no hospital após ingerir, em um almoço na casa da irmã Flávia Andrade, o peixe de espécie Arabaiana. De acordo com a mãe, após cinco horas a médica telefonou informando que não estava se sentindo bem. Ainda durante a ligação, a mãe da vítima, Betânia Andrade, informou que a filha passou a gritar pedindo socorro e comunicando estar sentindo dores nos músculos e, em seguida caindo no chão, conforme relato publicado no Diário de Pernambuco.

Priscyla estava internada em um hospital particular desde o dia 17 de fevereiro

Priscyla foi levada para o Hospital Português, em Boa Viagem. A mãe relatou que a médica que a atendeu teria diagnosticado Priscyla com crise de ansiedade e medicando-a. Betânia informou ainda que a transferência de Priscyla para a unidade do Hospital Português da Avenida Agamenon Magalhães demorou cerca de 40 minutos.

Apesar de já ser registrada há bastante tempo, inclusive no Brasil, não há um consenso sobre a origem exata da doença, apenas o ponto em comum de relação com o consumo de peixes de água doce e crustáceos. (Fonte: Folhape e Revista Nordeste).

To Top
%d blogueiros gostam disto: