Nordeste

Nordeste encomenda 25 milhões de doses da vacina russa Sputnik

Nove estados do Nordeste acertaram a compra de 25 milhões de doses da vacina russa Sputnik V contra a Covid-19. O imunizante está sendo negociado para chegar à região a partir de abril com previsão de entrega total das doses até julho. Para finalizar a aquisição, resta apenas assinar o contrato com o Fundo Soberano Russo, que desenvolveu e distribui o produto. 

Nove estados do Nordeste acertaram a compra de 25 milhões de doses da vacina russa Sputnik V contra a Covid-19 (Foto: Agencia Brasil)

No Brasil, a vacina russa será produzida pelo laboratório brasileiro União Química, o que será objeto de outro contrato com os governadores. No entanto, o imunizante russo ainda não foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Em entrevista à Folha de S.Paulo, o governador do Piauí, Wellington Dias (PI-PT), disse que as doses da Sputnik serão entregues para o Programa Nacional de Imunização (PNI), onde Dias coordena a seção de vacinação do Fórum de governadores.

Conforme três governos ouvidos pela Folha, eles das regiões Sul e Centro-Oeste, alguns governadores de fora do Nordeste pensam em usar as doses em seus próprios estados caso o Governo Federal não consiga cumprir seus prazos de vacinação. O Estado do Ceará ainda não divulgou como irá proceder.

Na última terça-feira, 2, a União Química prometeu aos governadores tomar providências para obter aprovação da Sputnik na Anvisa. Até a próxima segunda-feira, 8, o laboratório apresentaria aos governadores o cronograma de produção e entrega do produto, informou Dias.

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), esteve reunido na terça-feira, com o presidente da farmacêutica responsável pela produção do imunizante russo no Brasil para negociar a vacina Sputnik V, mas a confirmação da compra ainda não foi divulgada pelo governo estadual. (informações da Folha de S. Paulo).

To Top
%d blogueiros gostam disto: