Saúde

Covid-19: Brasil passa a marca de 370 mil mortes com 2.929 em 24h

O Brasil registrou mais 2.929 mortes por covid-19 neste sábado (17/4). Com a atualização do balanço do Ministério da Saúde, o país ultrapassa a marca de 370 mil brasileiros que perderam a vida para a doença, totalizando 371.678 óbitos desde o início da pandemia. Também foram contabilizados 67.636 novos casos nas últimas 24 horas, somando 13.900.091 infecções.

O Brasil registrou mais 2.929 mortes por Covid-19 neste sábado (17/4)

https://6f7b0b815a1d58a3903e83b21b5ecee6.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html Desta forma, a semana epidemiológica 15 encerrou com 20.344 mortes, apresentando estabilização, já que a queda de 3,8% em relação aos setes dias anteriores está no intervalo de 5%. Em relação aos casos, houve uma ligeira diminuição no acumulado desta semana. Com o acréscimo de 455.085 novos resultados positivos, o país apresentou queda de 7,4%. 

A atenuação do número de novas infecções era esperada por especialistas, pelo reflexo das medidas restritivas adotadas nas últimas semanas. Ainda assim, o momento não é de relaxar os cuidados. “A retomada das atividades de maneira precoce pode justamente levar a um quadro de interrupção da queda ainda em valores muito distantes de um cenário de segurança”, alerta o pesquisador Marcelo Gomes, responsável pelo InfoGripe, iniciativa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

São Paulo é o estado que acumula a maior quantidade de mortes, com 88.097. Em seguida estão Rio de Janeiro (41.162), Minas Gerais (29.940), Rio Grande do Sul (23.121), Paraná (20.297), Bahia (17.228), Ceará (16.163), Goiás (13.647), Pernambuco (13.179), Santa Catarina (12.541), Amazonas (12.362), Pará (11.751), Mato Grosso (8.880), Espírito Santo (8.588), Distrito Federal (7.172), Maranhão (6.824), Paraíba (6.414), Mato Grosso do Sul (5.156), Rio Grande do Norte (5.093), Rondônia (4.788), Piauí (4.731), Alagoas (3.944) e Sergipe (3.929). Informações do Correio Braziliense.

To Top
%d blogueiros gostam disto: