Política

Chefe da Casa Civil diz que tomou vacina “escondido” do Planalto

O ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, disse, nesta terça-feira (27/4), durante reunião do Conselho de Saúde Suplementar, que tomou a vacina contra a covid-19 escondido da imprensa, por orientação da Presidência da República. A reunião foi transmitida ao vivo pelas redes sociais, mas Ramos e outros ministros, como o titular da Economia, Paulo Guedes, não sabiam.

O ministro Luiz Eduardo Ramos tomou a vacina contra a covid-19 escondido da imprensa

Um dos principais conselheiros do presidente Jair Bolsonaro, o general Ramos afirmou, durante o encontro, que tenta convencer o presidente a tomar a vacina, já que as novas cepas da covid-19 são mais perigosas. Ele afirmou que teme pela vida do chefe do governo.

“Tomei [vacina] escondido, né, porque a orientação era… (inaudível). Como qualquer ser humano, eu quero viver, pô. Se a ciência e a medicina tá (sic) dizendo que é a vacina, né, Guedes, quem sou eu para me contrapor? Estou envolvido pessoalmente, tentando convencer o nosso presidente. Nós não podemos perder o presidente para um vírus. A vida dele, no momento, corre risco, ele tem 65 anos”, disse o chefe da Casa Civil.

Já o ministro Paulo Guedes, ainda durante o encontro, fez críticas à China. Ele disse que os chineses inventaram o coronavírus e não foram capazes de fabricar uma vacina melhor que a dos Estados Unidos. “O chinês inventou o vírus, e a vacina dele é menos efetiva que a americana”, afirmou o titular da Economia.

Após os participantes tomarem conhecimento de que as conversas estavam sendo acompanhadas ao vivo, a transmissão foi encerrada. (Fonte: Correio Braziliense).

To Top
%d blogueiros gostam disto: