Polícia

Capela: Sequestro, perseguição, troca de tiros e morte em Nova Fátima; veja esta noite de terror

De acordo com informações da Policia Militar, uma família de Capela do Alto Alegre, Na Bacia do Jacuípe, Bahia, teve a casa invadida por criminosos na noite desta segunda-feira (03). Os elementos saquearam a todos, levaram objetos, valores e um Fiat Toro, uma moto Bros, além de sequestrarem o proprietário do veículo.

O refém foi Erivan dos Santos Lima, conhecido como Erivan do Sindicato, ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Capela do Alto Alegre e atual diretor do Hospital São Lucas. Os elementos fugiram pela BR-349, levando Erivan em direção a Nova Fátima.

Agindo rápido, a guarnição da PM de Capela passou os dados para o comando de Nova Fátima que de imediato fechou o cerco e fez barreira para tentar capturar os elementos. Minutos depois, os meliantes apareceram na rodovia com o veículo que foi tomado em Capela. Ao chegarem próximo do cemitério de Nova Fátima, o comando da PM deu voz de parada, mas os sequestradores não obedeceram e partiram em fuga em direção ao centro da cidade.

O cerco em Nova Fátima

Em perseguição aos elementos, a polícia deu um tiro de alerta para o alto nas imediações do Bar Casa Velha, mesmo assim eles não pararam. Os policiais então atiraram nos pneus para tentar parar o veículo, porém os criminosos continuaram a fuga e pegaram a BR-324, sentido Riachão do Jacuípe.

Momento da perseguição, no centro de Nova Fátima (Foto: WhatsApp)

Já na altura do Posto Roma, a 2 km da cidade, os delinquentes sentiram que o veículo apresentava dificuldade para andar devido aos pneus furados pelos tiros, então começaram a atirar contra a guarnição, que revidou. Neste momento, um dos bandidos saiu do carro com o proprietário, levando-o para dentro do mato como refém. O outro elemento, que estava dirigindo, foi baleado e morreu na hora.

Na fuga com o refém, o bandido gritou para a Policia não se aproximar, ameaçando matar a vítima. Segundo informações colhidas por nossa reportagem, depois que foi liberado, o refém contou que ouviu que o elemento que o manteve preso fez contato pelo celular com comparsas e em instantes foi resgatado em uma caminhonete.

Um dos elementos morreu na hora na troca de tiros com a PM (Foto: WhatsApp)

Inicialmente, foi divulgado que os dois elementos haviam morrido, inclusive com fotos. Mas, segundo nossa reportagem apurou, o segundo elemento não morreu na troca de tiros com a Polícia, e que a foto publicada nas redes sociais foi uma fake news. A informação mais correta é que o segundo elemento, que entrou no mato com o refém, não foi baleado.

Outra informação que cabe observar: trata-se de uma quadrilha, já que o resgate ao elemento que fugiu com o refém foi feito por comparsas em uma caminhonete. A moto Bros há informação que foi abandonada no município de São Domingos, conforme acusa o rastreador.

Prefeito faz pergunta para ele

Nas redes sociais, o prefeito de Capela, Nei Novato, ressaltou o desespero do povo capelense por conta do momento crítico que o município se encontra em relação a segurança: “Até quando nossas famílias ficarão inseguras? Nossa segurança é falha. Capela não é mais aquela cidade pacata, tranquila A administração está cumprindo a sua parte, dando suporte e apoio para o trabalho da Polícia. O que falta para termos uma Polícia mais efetiva?”

É uma pergunta difícil de ser respondida, mas talvez caiba devolvê-la ao próprio prefeito.

To Top
%d blogueiros gostam disto: