Política

Ameaçada, prefeita diz que Cachoeira vive violência política, “não vou renunciar”

A prefeita de Cachoeira, Eliana Gonzaga, durante evento de solidariedade promovido pela comitiva federal com a presença da ministra Damares Alves, nesta segunda-feira (10), disse que não irá renunciar ao seu mandato, após ameaças de morte.

A prefeita de Cachoeira, Eliana Gonzaga, disse que não irá renunciar ao seu mandato, após ameaças de morte.

“Cachoeira está sendo uma amostra dessa violência política. Crimes políticos, sim. Vocês não vão calar minha voz. Não vou renunciar”, disse.

“Não tenho medo de morrer. Se me perguntar se quero morrer. Não quero morrer. Mas não tenho medo da morte, pois sei para onde vou. Esses crimes não podem passar em vão”, completou. (Fonte: Bocao news).

To Top
%d blogueiros gostam disto: