Política

Luiza Trajano recusa ser vice de Lula e diz que torce pela terceira via

Sonho edulcorado de vários partidos para ser candidata a presidente ou ocupar o posto de vice em uma chapa presidencial, a empresária Luiza Trajano disse estar “torcendo muito para que a gente tenha alguém que possa diminuir essa polaridade”.

Luiza Trajano disse estar “torcendo muito para que a gente possa diminuir essa polaridade”

A criadora da rede do Maganize Luiza se referia, em live do Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa (Iree), ao atual espectro eleitoral, ocupado em uma das pontas por Jair Bolsonaro e na outra por Lula.

PIOR PARA O PT – A “torcida” dela na direção da terceira via é um balde de água fria no PT, que vem trabalhando para ter a empresária ao lado de Lula.

Ao lado do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do ex-ministro Raul Jungmann e do advogado Walfrido Warde, a dona do Magazine Luiza afirmou: “Não vou ser candidata a presidente. Eu nunca pertenci a partido, mas eu sempre luto pelo Brasil”.

Trajano tem recusado vários convites para compor chapa para presidente

Sobre sua posição no espectro político, declarou: “É interessante que, quando eu sou a favor do Bolsa Família, e eu não saio do sertão, sou esquerda. Quando sou a favor da privatização, sou direita. É muito interessante que você começa a levar rótulo”.

No mesmo evento, FHC reiterou: se sobrarem Lula e Bolsonaro, ele fica com o petista. (Fonte: Estadão).

Nota da Tribuna da InternetLuiza Trajano não é nada boba. Sabe que esses convites para que entre na política significam apenas que os políticos profissionais tentam usar sua imagem para se fortalecer. Quando era presidente, Dilma Rousseff fez o possível e o impossível para nomeá-la para o Ministério, mas Luiza Trajano nem lhe deu bola e o cargo oferecido a ela ficou meses sem ser preenchido. Agora, era a grande esperança de Lula para inventar um novo José Alencar, mas está difícil. (Carlos Newton)

To Top
%d blogueiros gostam disto: