Esporte

Chelsea vence o City e é bicampeão da Champions League

O Chelsea-ING é o campeão da UEFA Champions League 2020/2021. O clube de Londres derrotou o Manchester City-ING neste sábado, 29, no estádio do Dragão, em Porto, Portugal. Os Blues venceram por 1 a 0, com gol anotado pelo alemão Kai Havertz, aos 41 minutos do primeiro tempo.

O Chelsea venceu o City e se consagrou bicampeão da Champions (Foto: Jose Coelho/AFP)

Essa foi a segunda conquista do Chelsea na Liga dos Campeões. Na temporada 2011/2012, os londrinos conquistaram a maior glória do futebol europeu pela primeira vez, após derrotar o Bayern de Munique-ALE na decisão. Ainda houve uma terceira disputa de final de Champions, na temporada 2007/2008, mas naquela ocasião os Blues perderam nos pênaltis para o Manchester United-ING.

O Chelsea foi comandado nesta conquista pelo alemão Thomas Tuchel, vice-campeão deste torneio na temporada passada com o PSG-FRA. Ele chegou ao clube londrino no início deste ano, antes das oitavas de final, em substituição a Frank Lampard. Tuchel comandou Thiago Silva, Jorginho e Emerson Palmieri, os dois brasileiros campeões pelo Chelsea (Jorginho e Palmieri são naturalizados italianos).

O City, por outro lado, foi derrotado na primeira final de Liga dos Campeões que a equipe azul de Manchester participou na história. Este jogo derradeiro também marcou o retorno do técnico espanhol Pep Guardiola à decisão da Champions após dez anos. Porém, diferentemente do que aconteceu quando ele comandou o Barcelona-ESP, time no qual ele venceu dois títulos em duas finais, Guardiola ficou com o vice-campeonato.

Com a bola rolando, o jogo foi carente de oportunidades claras de gol, tendo em vista o bom posicionamento defensivo das equipes. Além disso, a partida ficou marcada por saídas precoces de jogadores importantes por causa de lesões. No primeiro tempo, o zagueiro Thiago Silva, do Chelsea, teve que ser substituído, ainda aos 39 minutos. Já na segunda etapa, foi a vez do Manchester City perder seu grande craque, o belga Kevin De Bruyne, aos 15 minutos.

O gol do título dos londrinos aconteceu aos 41 minutos da primeira etapa. Mason Mount acertou lançamento preciso em profundidade para Kai Havertz, que ganhou dividida com o goleiro Ederson e ficou com a meta vazia, livre para ele empurrar a bola para o fundo das redes. (Fonte: AFP).

To Top
%d blogueiros gostam disto: