Política

Presos hoje pela PF, ex-prefeitos de Eunápolis e Porto Seguro debocharam sobre desvios de verbas

Os ex-prefeitos das cidades baianas de Porto Seguro e Eunápolis, Cláudia Oliveira e Robério Oliveira, respectivamente, tiveram as prisões mantidas pela Justiça em audiência de custódia no início da tarde desta terça-feira (15).

O casal Robério e Cláudia Oliveira foi preso pela PF (Foto: Reprodução/Redes sociais)

O casal foi preso preventivamente na manhã de hoje, alvo da Operação Fraternos, da Polícia Federal, que investiga um esquema de fraudes e desvios milionários por meio de dezenas de licitações realizadas pelas prefeituras municipais de Porto Seguro, Eunápolis e Santa Cruz Cabrália, no sul da Bahia, entre os anos de 2008 e 2017.

De acordo com apuração, a mulher será levada para o presídio de Teixeira de Freitas, enquanto o homem irá para o Conjunto Penal de Eunápolis.

O casal foi preso preventivamente na manhã de hoje, alvo da Operação Fraternos, da Polícia Federal.

Além do casal, quatro pessoas foram presas durante a ação da PF. Outros três suspeitos estão foragidos. Entre os presos estão Humberto Adolfo Gattas, Ricardo Luiz Rodrigues Bassalo, Marcos Guerreiro e Edmilson Alves de Matos.

As prisões preventivas foram expedidas pelo Juízo da Vara Criminal Federal de Eunápolis, a partir de representação encaminha pelo Ministério Público Federal. Os mandados foram cumpridos em Eunápolis, Porto Seguro, Vitória da Conquista e Salvador.

A Justiça determinou também o afastamento do irmão de Claúdia Oliveira e prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos (PSD), por 180 dias, além de autorizar o sequestro de bens e valores de cerca de R$ 11 milhões dos investigados. (Fonte: Bocão news).

To Top
%d blogueiros gostam disto: