Cultura

Secretário da Setur alega não apoiar lives para “não aglomerar”. Del Feliz faz declaração.

O cantor e compositor Del Feliz comentou na noite desta sexta-feira (18), a declaração dada pelo novo titular da Secretaria de Turismo da Bahia, Maurício Bacelar sobre o governo não patrocinar lives de artistas durante o São João. Durante entrevista, na última quinta-feira (17), Bacelar disse que o formato remoto também pode gerar aglomerações e potencializar a disseminação da Covid-19.

[Del Feliz sobre decisão da Setur de não apoiar lives para não aglomerar: “Incabível um comentário como esse”]
Foto/Reprodução: YouTube

“Tocar nesse assunto de que o estado não pode apoiar live porque a live aglomera, ele poderia então dizer ‘olha tá proibido ouvir música porque ouvir música aglomera’. É incabível um comentário como esse, a gente tem feito das lives um instrumento inclusive de solidariedade, desde o início, eu fiz dezenas de lives pra ajudar pessoas, pra ajudar músicos, eu tenho na minha equipe 30 famílias e eu estou cuidando dessas famílias, não é o estado que está cuidando dessas famílias, e não adianta as pessoas dizerem ‘ah, mas não tem o auxílio’”, disse.

Ainda de acordo com Del, ele prefere não acreditar que há maldade do governo com esse posicionamento. “Eu vinha fazendo quase 30 shows no mês de junho, eu paguei impostos que justificaria pro estado me dar algum suporte, alguma atenção, algum respeito e eu acho que nesse momento faltou sensibilidade, eu não quero dizer que há maldade do governo, do secretário, não gosto de viajar por esse campo”.

Na visão do titula da Setur, as lives causam aglomerações. “De maneira alguma o Governo do Estado vai patrocinar eventos que possam causar aglomerações”, declarou. “Mesmo virtual, a live causa aglomeração. Precisamos fazer uma reflexão. Se o governo fosse financiar, as pessoas ficam em casa… o pai, a mãe e o filho assistindo televisão? Convida o vizinho, ou familiar… Vem a visita e a visita leva que as pessoas se descontraiam”, explicou durante entrevista ao BNews ontem. (Fonte: BNews)

To Top
%d blogueiros gostam disto: