Entretenimento

Popularidade de Ivete aumenta nas redes após crítica ao governo

Desde que lamentou os 500 mil mortos pela pandemia de Covid-19 no Brasil, a baiana Ivete Sangalo tem visto a popularidade oscilar nas redes, variando de 39,5 até 59,6, conforme pesquisa da consultoria Quaest, que registrou um crescimento recente de 51%. Os dados foram inicialmente divulgados na coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo.

Popularidade de Ivete Sangalo aumenta nas redes / Foto: Reprodução/Instagram

No domingo (21), quando a cantora se referiu à tragédia sanitária com a frase “não é sobre partidos, é sobre humanidade”, o Índice de Popularidade Digital (IDP) caiu de 52,1 para 39,5, cerca de 24%. 

Nos comentários, internautas criticaram a fala. “Ivete, infelizmente é sobre partido sim, é sobre ter lado, é sobre não ter medo de dar nomes aos bois”, escreveu uma seguidora.

Já no dia 22, no post em que afirmava não se sentir representada pelo governo Bolsonaro, o IDP de Ivete cresceu 51% — de 39,5 para 59,6. 

A cantora vinha sendo cobrada por fãs, nos últimos meses, para se posicionar em relação à pandemia e à situação política do país.

“Meus zamuris, entendo o quão necessário é nesse momento não estabelecer dúvidas sobre o que acredito. Esse governo que aí está não me representa nem mesmo antes da ideia dele existir”, escreveu ela, em resposta no Instagram, com uma publicação que já ultrapassou as 585 mil curtidas. (Agencia Estado).

To Top
%d blogueiros gostam disto: