Municípios

Araci: Secretaria Municipal de Saúde alerta população sobre casos de Leishmaniose.

Na tarde desta terça-feira (22), a Secretaria Municipal de Saúde de Araci se reuniu com representantes das Vigilâncias de Endemias, Sanitária e Epidemiológica, com o objetivo discutir medidas de combate a leishmaniose, após a identificação de quatro casos da doença no município.


A Leishmaniose Visceral é uma zoonose, ou seja, é transmitida dos seres humanos para os animais e vice-versa, acometendo em especial, o cão doméstico. Seu agente etiológico é o protozoário Leishmania chagasi. No Brasil é transmitida principalmente pelo mosquito palha de coloração amarelada.

Dentre os principais sintomas em humanos, estão: febre de longa duração, fraqueza, emagrecimento, anemia e até aumento do volume abdominal devido ao aumento do fígado e baço.

Já nos cães, os principais sintomas correspondem ao crescimento exagerado das unhas, emagrecimento, anemia, feridas e queda de pelo nas pontas das orelhas, queda de pelo ao redor dos olhos, entre outros. Vale ressaltar que também animais assintomáticos, ou seja, podem ser reservatórios da doença sem apresentar sintomas.

A Secretária de Saúde do município ressaltou a importância da população ficar em alerta, não só em relação aos sintomas em cães, mas também em humanos, afinal, prevenir é sempre melhor do que remediar.

Por Alan Rodrigues / Interior da Bahia

To Top
%d blogueiros gostam disto: