Cultura

Mamata acabou: Gimenez, Sikêra, Luís Lacombe e programas de TV receberam R$ 268 mil do governo

Luciana Gimenez, Sikêra Júnior, Luís Ernesto Lacombe e programas como o Cidade Alerta e Balanço Geral receberam R$ 268 mil do governo federal.

Luciana Gimenez, Sikêra Júnior, Luís Ernesto Lacombe e programas como o Cidade Alerta e Balanço Geral receberam R$ 268 mil do governo federal (foto: Divulgação)

Os apresentadores têm ligação direta com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

Os dados foram apurados pelo jornal Folha de S. Paulo por meio de planilhas da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom). Os dados foram divulgados para a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID.

O dinheiro público foi usado para campanhas de divulgação da reforma da previdência, em 2019, do tratamento precoce contra a COVID, do combate ao aedes aegypti, da violência contra mulher e da cédula de R$ 200 reais.

De 34 desses repasses, cerca de 16 foram para campanhas sobre regras de aposentadoria.

O pagamento foi executado pela Secom por meio da contratação de das empresas PPR Profissionais de Publicidade Reunidos, Calia/Y2 Propaganda e Marketing e Artplan Comunicação. Todas elas têm contratos com o Executivo federal.

  • Sikêra Júnior – R$ 120 mil;
  • Luciana Gimenez – R$ 51 mil;
  • Lacombe – R$ 20 mil;
  • Nelson Rubes – R$ 3.474;
  • Tino Junior (Balanço Geral RJ) – R$ 45 mil;
  • Ernani Alves (Cidade Alerta RJ) – R$ 16, 4 mil;
  • Sergio Murilo (Balanço Geral MA) – R$ 2.610;
  • Marcus Pimenta (Balanço Geral PA) – R$ 2.278;
  • Henrique Chaves (Balanço Geral DF)- R$ 1.601
To Top
%d blogueiros gostam disto: