Polícia

Fazendeiro que ajudou Lázaro é preso por atrapalhar investigação

O fazendeiro Elmi Caetano, 74 anos, foi indiciado pela Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO), sob acusação de favorecimento pessoal, que consiste na prática de atrapalhar as investigações das autoridades para que o autor de determinado crime não seja punido. O acusado também deve responder por posse ou porte ilegal de arma de fogo. Elmi foi preso na quinta-feira (24) e conduzido ao presídio de Águas Lindas de Goiás.

O fazendeiro Elmi Caetano, 74, foi indiciado pela Polícia Civil de Goiás (Foto: Reprodução/TV)

Na sexta-feira (25), a prisão de Elmi foi convertida em preventiva. Segundo a juíza Luciana Oliveira, o fazendeiro representava risco efetivo à ordem pública.

De acordo com os policiais, o idoso não permitiu que a polícia entrasse em sua fazenda durante as buscas por Lázaro. Posteriormente, foram encontradas várias evidências de que Elmi havia dado abrigo ao então foragido, Lázaro Barbosa. O caseiro da propriedade Alain Reis, de 34 anos, contou ainda que o idoso dava comida ao fugitivo e permitiu que ele dormisse no local por cinco dias.

Se condenado, Elmi pode ficar preso de um a seis meses, por favorecimento pessoal, e mais seis anos, por porte ilegal de arma de fogo. Alain chegou a ser detido junto ao patrão, mas não foi indiciado. Na época, ele colaborou com as autoridades e relatou o que sabia do caso. (Fonte: Jornal de Brasília).

To Top
%d blogueiros gostam disto: