Educação

Feira: Professores protestam por pagamento integral dos salários

[Professores de Feira de Santana realizam protesto por pagamento integral dos salários]
Professores de Feira de Santana realizam protesto por pagamento integral dos salários | Por: Reprodução // Ney Silva // Acorda Cidade

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação (APLB) realizou mais uma manifestação na manhã desta quinta-feira (1º), em frente a Secretaria Municipal de Educação, em Feira de Santana, para reivindicar o pagamento dos salários atrasados. A categoria teve a sentença judicial favorável e também o pagamento integral dos salários do mês de junho.

De acordo com a presidente da APLB, a professora Marlede Oliveira, houve cortes nos salários dos meses de abril e maio e também no último mês de junho. Ela informou que a prefeitura emitiu o contracheque dos servidores, porém não foi feito o pagamento de forma integral.

“Já virou uma perseguição, não dá para trabalhar e todo mês ter o salário cortado, inclusive nós estamos entrando com uma ação no Ministério Público do Trabalho pelo cumprimento da nossa sentença. Isso é assédio moral. A prefeitura não cumpre a tabela de pagamento e esse ano novamente vai receber do Fundeb 248 milhões que é verba carimbada e não há justificativa de atrasar salários”, declarou, segundo o Acorda Cidade.

A professora salientou também que devido ao corte de salários muitos professores da rede municipal não conseguiram equilibrar a sua vida financeira e estão utilizando recursos próprios como internet, computador, celular e energia elétrica para dar as aulas remotas. Não contam com nenhuma contrapartida da prefeitura municipal.

(Fonte: Bnews)

To Top
%d blogueiros gostam disto: